Debate

Rio Preto modifica arquitetura da cidade com medida higienista contra moradores de rua

Redação Hypeness - 20/07/2021

Uma reportagem do jornal Diário da Região mostrou como a iniciativa privada e a cidade de São José do Rio Preto têm adotado medidas da chamada arquitetura hostil, que transforma o espaço público para evitar a presença de pessoas em situação de rua.

– Padre Julio Lancellotti quebra a marretadas pedras em viaduto ‘anti-sem-teto’ de SP

Novos bancos colocados pela prefeitura de Rio Preto no calçadão da cidade, importante região comercial do município, um dos maiores do estado

O texto chamou a atenção para a adoção de novos bancos na região do calçadão da cidade, na Rua General Glicério, que impedem que pessoas se deitem sobre eles, além da adoção de grades para impedir que pessoas em situação de rua se acobertem da chuva para repouso.

– Prefeitura de SP toma colchões e barracas de moradores em situação de rua; veja vídeo

O termo ‘arquitetura hostil’ é o nome dado para essas pequenas intervenções em ambientes públicos que barram a existência de pessoas em situação de rua.

Segundo o defensor público Júlio Tanone, que conversou com a reportagem do Diário da Região, esses recursos são um sintoma da falta de políticas públicas para a população de rua da cidade, que não tem assistência suficiente dos entes governamentais.

“Não temos vagas nos centros de acolhida que recebam famílias de sem teto. Não há depósitos para que pessoas que foram despejadas guardem seus objetos. Não há bagageiros para os que precisam de pernoite ou vivam nas ruas possam deixar seus pertences, como roupas, malas, cobertores e outros objetos portáteis”, explicou.

O Projeto de Lei n° 488, de 2021, de autoria do senador Fabiano Contarato, busca proibir a aplicação de práticas da arquitetura hostil por entes públicos e privados. O PL foi aprovado no Senado Federal e segue em tramitação na Câmara dos Deputados.

“Essa é uma realidade que está em todas as cidades. Recebi e publiquei algumas fotos de Goiânia (GO). Na verdade, a arquitetura é utilizada de forma hostil. Mas, isso é um sintoma, que não é só da arquitetura, mas de toda sociedade”, afirmou o Padre Júlio Lancelotti ao jornal.

 

Publicidade

Fotos: Destaques: © Getty Images Foto 1: Cortesia de Guilherme Batista/DHoje Interior


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.


Warning: file_put_contents(/var/www/html/wordpress/wp-content/themes/hypeness-new/functions/cache/twitter-stream-hypeness.txt): failed to open stream: Permission denied in /var/www/html/wordpress/wp-content/themes/hypeness-new/functions/social.php on line 410


X
Próxima notícia Hypeness:
Máscaras de lote vencido em 2004 são entregues a profissionais da saúde indígenas