Debate

Roacutan viraliza em papos sobre acne; médicos alertam sobre perigos do remédio

Vitor Paiva - 16/07/2021

Quem sofre de acne extrema já tomou ou pensou em tomar o famigerado medicamento Roacutan. Utilizado em casos especialmente severos, e principalmente em que outros medicamentos ou terapias não apresentam resultado, o remédio apresenta uma extensa e espantosa lista de efeitos colaterais gravíssimos.

Por isso é fundamental que a decisão de usar a droga deve ser calculada e devidamente acompanhada por um médico com profunda atenção, já que os efeitos variam desde conjuntivite, alergia, inchaço, queda de cabelo até, em casos mais raros, diabetes, perda de audição, hepatite até depressão e mesmo impulsos suicidas, e tem proibido seu uso entre gestantes com o risco de provocar problemas severos ao bebê.

Roacutan

O Roacutan é proibido o uso entre grávidas © Divulgação

-Exposição revela beleza das mulheres sem a ‘pele perfeita’ (e irreal) dos comerciais

Mas o Roacutan recentemente voltou a ganhar a atenção popular nas redes, e da pior forma possível. O uso do remédio vem sendo tratado com displicência – feito fosse um medicamento qualquer – principalmente por adolescentes em redes como o Tik Tok, e pior: não somente por seus efeitos contra acne, mas por benefícios que ele não oferece de fato, principalmente com a promessa inacreditável de que ele afinaria o nariz.

Outra promessa perigosa é de que o remédio provocaria a perda de peso – sem muitas vezes sequer mencionar os tantos efeitos colaterais que o Roacutan real e comprovadamente provoca, e tais notícias falsas são também populares em outros países.

-Acne causada pelo uso de máscaras? Aprenda como prevenir e tratar

As fake news são costumeiramente turbinadas por um hábito perigoso e cada vez mais comum, de se recorrer a grupos e fóruns por indicações e comentários sobre remédios, e não somente e exclusivamente a médicos sérios e especializados.

Diversas dermatologistas foram a público rejeitar com veemência a sugestão de que o remédio pode afinar o nariz – a explicação pode estar na ação da química isotretinoína sobre as glândulas sebáceas: entre pessoas com pele oleosa muito acima do normal, o remédio pode desinchar tais glândulas, causando a impressão de que o nariz estaria afinando.

Roacutan

O medicamento tem uma das mais extensas e assustadoras listas de efeitos colaterais possíveis © Wikimedia Commons

-TikTok: desafio de serrar os dentes com lixa de unha desespera dentistas; veja vídeo

Não se trata, porém, de realmente afinar o nariz, nem de forma alguma de ser algo recomendável, e é especialmente grave sugerir tal tratamento ineficaz e ainda sem mencionar os possíveis efeitos colaterais.

Se a lista de impactos causados pelo uso mesmo que correto do remédio é longa, a contraindicação mais alarmante é mesmo ligado ao uso entre mulheres grávidas – segundo consta, a isotretinoína oferece 30% de chance de provocar problemas de formação graves no bebê, como males neurológicos e cardíacos.

Roacutan

O remédio não afina o nariz nem provoca perda de peso – e seu uso deve ser acompanhado por um médico © Divulgação

-Antes sem depois: elas postam fotos de seus narizes numa declaração de amor próprio

O uso do Roacutan em meio à comunidade científica é questionado até mesmo para os casos devidos de acne grave – portanto, para sequer cogitar utilizar o medicamento, é fundamental procurar um médico em cada etapa de tal decisão, bem como do próprio tratamento eventual.

Publicidade

© fotos: créditos


Vitor Paiva
Escritor, jornalista e músico, Vitor Paiva é mestre e doutor em Literatura, Cultura e Contemporaneidade pela PUC-Rio. Publica artigos, ensaios e reportagens, é autor dos livros Tudo Que Não é Cavalo, Boca Aberta, Só o Sol Sabe Sair de Cena e Dólar e outros amores.

Warning: file_put_contents(/var/www/html/wordpress/wp-content/themes/hypeness-new/functions/cache/twitter-stream-hypeness.txt): failed to open stream: Permission denied in /var/www/html/wordpress/wp-content/themes/hypeness-new/functions/social.php on line 410


X
Próxima notícia Hypeness:
Cresce risco de golpe na América Latina; especialista teme violência no Brasil