Sustentabilidade

7 atletas veganas que disputam as Olimpíadas de Tóquio

Redação Hypeness - 02/08/2021 | Atualizada em - 04/08/2021

O veganismo é uma filosofia e também uma dieta que pode parecer assustadora para muitos, mas, para outros, é visto como a única salvação para o nosso meio-ambiente. Uma alimentação sem produtos derivados do sofrimento animal, como o leite, o mel, os ovos e a carne pode parecer absurda, mas até atletas de alto nível já adotam o estilo de vida. Nessas Olimpíadas, há diversos atletas veganos que estão concorrendo por medalhas e mostram que o veganismo pode ser muito saudável.

– Comercial vegano inspirado em atleta negro boicotado é barrado em intervalo do ‘Super Bowl’

Selecionamos sete atletas veganas que podem te encorajar a seguir esse estilo de vida que é também um ato político! Se somos o que comemos, esses desportistas podem te mostrar que a vitória pode ser alcançada com uma alimentação sem sofrimento animal.

1. Marta

Marta Vegana

Marta disse que só seria vegana por uma semana, mas está há mais de dois anos no veganismo

Nessas Olimpíadas, o futebol feminino brasileiro não conseguiu ultrapassar as quartas-de-final. Ainda que Marta não tenha conseguido liderar o Brasil às medalhas, ela pode levar o país para uma alimentação mais consciente. A seis vezes melhor do mundo e camisa 10 da canarinho é vegana há pelo menos dois anos e fala abertamente sobre sua filosofia de vida.

– O primeiro time de futebol vegano do mundo subiu de divisão e está conquistando admiradores por aí

“A galera pergunta: ‘mas Marta, por que você é vegana, como foi isso?’. Obviamente que eu tenho dó dos animais e acredito que a gente poderia comer menos carne. Eu fui desafiada e também assisti a uns documentários aí e fiquei meio perturbada da cabeça. Aí, a Toni falou ‘fica uma semana vegana’. Aí, dava uma semana, pensava em comer carne e desistia. É um desafio, eu lembro e não como. Tô nisso vai fazer um ano”, disse Marta ao Vista-se.

2. Macris

Macris Vegana

Macris é considerada uma das melhores levantadoras do mundo

A equipe brasileira de vôlei feminino mantém um ritmo duro e tem grande chance de levar medalhas para casa nessas Olimpíadas. A seleção contava com a incrível Macris – que sofreu com um entorse no tornozelo durante o jogo o Japão -, que também adota uma dieta vegana. Considerada a melhor levantadora do vôlei mundial, a atleta é vegana desde 2017.

“Me questionei: por que amar uns e comer os outros? Então, eu percebi que estava tendo uma nova visão de mundo. Ficou cada vez mais clara a necessidade da mudança não só pelos animais, mas também pela minha saúde”, explicou a atleta à ESPN.

3. Naná Almeida

Naná compete em alto nível pelo Flamengo e participou das Olimpíadas de Tóquio

Naná Almeida é um dos principais nomes da natação feminina brasileira e coleciona vitórias dentro das piscinas por seu clube, o Flamengo. Apesar de não ter conquistado o ouro no revezamento 4x200m feminino, ela se mantém como uma das principais esperanças para os próximos ciclos olímpicos. “Eu me tornei vegana quando fui treinar na Hungria, em 2019. Foi uma decisão em conjunta com o meu técnico, na época, visando a melhora na performance… 1 ano e 6 meses depois, conquistei minha primeira vaga olímpica!”, contou nas redes sociais.

– Argentina eliminada na esgrima é pedida em casamento nas Olimpíadas

4. Alex Morgan

Alex Morgan é uma das principais atacantes do mundo e foi melhor do mundo em 2013

Alex Morgan é considerada a grande estrela do futebol feminino dos EUA, a maior potência do esporte no mundo todo. A camisa 13 da seleção estadunidense, Morgan adota a dieta vegana e é uma ativista pela causa em seu país. “Nunca pensei que fosse possível disputar competições em um nível de elite com uma dieta baseada em plantas, mas aprendi muita coisa errada na escola. Hoje, consigo fazer minha recuperação e chegar no meu ápice físico de maneira muito mais simples por conta da minha dieta”, disse a estadunidense ao USA Today.

– Ginastas da Alemanha se apresentam nas Olimpíadas de calça contra sexualização

5. Morgan Mitchell

Ela representou a Austrália pela primeira vez em uma competição de alto nível do atletismo depois de 40 anos

Morgan Mitchell é um dos grandes nomes do atletismo australiano. Especialista nos 400 metros e nos 800 metros, a atleta disputou sua segunda olimpíada em Tóquio. Ela mantém uma dieta vegana e, assim como Alex Morgan, também relata que a dieta auxiliou sua recuperação física.

6. Vivian Kong

Kong é uma das principais esgrimista do continente asiático e provou isso nos jogos de 2018

Vivian Kong é o principal nome da esgrima de Hong Kong, país que possui relativa autonomia à China até o ano de 2047. A esgrimista chegou às quartas de final das Olimpíadas tanto na competição por equipes, quanto na competição individual. Ela foi medalhista dos Jogos Asiáticos de 2018 e adota a dieta há muitos anos.

7. Kaylin Whitney

Medalhista nas Olimpíadas e no Panamericano, Whitney é vegana

Kaylin Whitney é uma atleta estadunidense de 23 anos que adota a dieta vegana e é a única dessa lista que já confirmou sua medalha. A corredora ganhou o bronze no revezamento 4×400 em 31 de julho desse ano e mostra que a alimentação vegana pode e deve entrar no pódio também.

Publicidade

Fotos: Fotos 1, 2, 4, 5, 6 e 7: © Getty Images Foto 3: Reprodução/Instagram


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.