Arte

Agenda Hype em casa: Ney Matogrosso, Bethânia, Martinho Da Vila e Djonga nos destaques

Gabriela Rassy - 04/08/2021

Esta virada de mês trouxe uma leva de lançamentos de ícones da nossa música. Enquanto Ney Matogrosso celebrou seu aniversário com o lançamento do EP “Nu Com a Minha Música”, Maria Bethânia soltou o álbum “Noturno” e Martinho da Vila se juntou à Djonga para celebrar a “Era de Aquarius”.

Nas lives, destaque para o Festival Sonido em uma homenagem à música instrumental amazônica com shows de Strobo, Guitarrada das Manas e muito mais. No sábado, a festa Mamba Negra completa 8 anos com programação gratuita e online.

Para os amantes do cinema, a boa é acompanhar a mostra online “O Novíssimo Cinema da Paraíba“, aberta para todo o público gratuitamente no À La Carte, do Belas Artes. O “Olhar Periférico Festival” traz 33 curtas e o “Luta Yanomami: Cinema como aliado“, no Sesc Digital.

Nesta semana de Dia dos Pais, algumas boas opções de delícias da gastronomia para presentear e celebrar com Aizomê, Cuscuz da Malu, By Koji e Cervejaria Nacional.

Vem na minha!

#lives

Festival Sonido – Música Instrumental & Experimental | canal de TV Music Box e Se Rasgum no YouTube
4, 11, 18 e 25 de agosto, quartas, às 20h30
Grátis
A música instrumental amazônica produzida com seus ingredientes regionais em um dos maiores
cartões-postais de Belém. A versão online e televisiva do evento, que acontece desde 2015 na capital paraense, em pleno Mercado do Ver-o-Peso, agora tem data para estrear. A música instrumental amazônica, com curadoria e produção da Se Rasgum Produções, tem quatro sessions gravadas no Solar da Beira. Na programação, Strobo, Clube da Guitarrada, Waldo Squash (ex Gang do Eletro), tem a Guitarrada das Manas e muito mais.

5º Festival Demarcação Já Remix | Canal Music Box Brazil e Rádio Cafuné 
Dias 6, 8 e 9 de agosto
Grátis
Na semana em que celebramos o Dia Internacional dos Povos Indígenas, acontece nova edição do festival que será solidário aos Guaranis do Rio de Janeiro. O festival é uma extensão da campanha “Demarcação Já”, criada pelo Greenpeace e pelo Instituto Socioambiental, em 2017, a partir da canção de mesmo nome dos compositores Carlos Rennó e Chico César. O evento contará com lançamento de single e da mixtape “Demarcação Jazz”; com a primeira exibição em TV da live ‘Demarcação Já Remix’; com o leilão inédito de NFTs com o Tininim, personagem indígena do cartunista Ziraldo, reinterpretado pelos artistas Luke Ross, ilustrador do ‘Star Wars’, e o indígena Kadu Xukuru; com debates no Instagram, reunindo nomes como as atrizes e ativistas Letícia Sabatella e Zahy Guajajara, entre outros.

O-KULTO DE 8 ANNUX – Mamba Negra
7 de agosto, 18h às 3h
Ingressos gratuitos e transmissão no site oficial
A icônica festa do underground paulistano comemora 8 anos de quebra do status quo através da música, arte, moda e comportamento. Marcando a data, o coletivo convocou nomes de peso da cena como a banda TETO PRETO, a cantora Jup do Bairro, a drag queen Kitty Kawakubo, a multiartista Alma Negrot, a DJ Cashu, Miss Tacacá com performance de Juana Chi e muitos outros.

1ª edição do Festival Verde
7 de agosto, a partir das 16h
Grátis
Com o intuito de promover a conscientização sobre a sustentabilidade e a conservação do meio ambiente, principalmente na região amazônica, o evento apresenta painéis de debates, com a participação de influenciadores digitais paraenses, e shows de Joelma, Lia Sophia e Thiago Costa. A programação será totalmente online e poderá ser acompanhada, gratuitamente, pelo hotsite do evento.

#música

Ney Matogrosso | Nu Com a Minha Música
Lançado no dia de seu aniversário de 80 anos, o EP apresenta quatro faixas que anunciam o álbum de mesmo nome previsto para ser lançado em novembro. Nesta prévia estão versões da faixa-título, de Caetano Veloso, do álbum “Outras Palavras” (1981), “Mi Unicornio Azul”, canção de 1982 dos músicos cubanos Silvio Rodríguez e Pablo Milanés, “Se Não For Amor Eu Cegue”, de Lenine e Lula Queiroga, do álbum “Chão” (2011), e “Gita”, sucesso de 1974 na voz de Raul Seixas.

Martinho Da Vila, Djonga | Era de Aquarius
Juntos em disco pela primeira vez, Martinho da Vila e Djonga se unem nesta nova faixa que mistura samba e rap. “Conservadores serão liberais. Os raivosos vão ficar dóceis. E as doces mais adocicadas. Quando a era de Aquarius chegar”, entoa a dupla.

Thiaguinho e Gloria Groove | Presente do Céu (Infinito Vol. 2)
Em uma versão da música romântica “Best Part”, do cantor canadense Daniel Caesar com H.E.R., Thiaguinho e Gloria Groove fazem parceria. Mais uma prova que Glória consegue transitar perfeitamente entre diferentes estilos.

Maria Bethânia | Noturno
Primeiro projeto de inéditas desde “Meus quintais” (2014), Noturno traz 10 faixas, com direção musical e arranjos de Letieres Leite e direção geral de Kati Almeida Braga. “Bar da noite”, de Bidu Reis e Haroldo Barbosa, é a única faixa que não é inédita. Já “O sopro do fole” é uma composição de Zeca Veloso, enviada à tia.

Xavir e Soledad | Travessia
Após estrear o seu projeto solo com a ótima mixtape “Mormaço” (2020), o músico e produtor Xavier coloca no mundo o novo single “Travessia”, uma parceria com a conterrânea Soledad. A faixa, que estreia via selo Índigo Azul no próximo dia 06 de agosto, reflete sobre acolhimento e esperança em momentos de grandes mudanças, como o atual. O lançamento também conta com um videoclipe assinado por Patrícia Araújo.

Paige | Imagina A Gente
Os relacionamentos amorosos em suas diferentes configurações servem de inspiração para a cantora Paige em seu novo trabalho de estúdio. O segundo EP da mineira chega por meio do selo MacacoLab, braço da produtora A Macaco – responsável pelo Festival Sarará e pela gestão de carreira do grupo Lagum. A artista, que iniciou a carreira musical no canto erudito e hoje integra o grupo feminino de hip hop Fenda, utiliza a voz para embalar canções com forte referência do R&B.

Potyguara Bardo e Malka | Tudum
Inspirado nas melodias synth-pop dos anos 80, batida melancólica e letra cheia de lascívia, este segundo lançamento do disco “Praia do Meio” da produtora Malka, conta com a participação da cantora Potyguara Bardo. Fenômenos da música, artistas como Malka e Potyguara, emergem de uma atmosfera underground diretamente para o circuito comercial, trazendo referências de literatura fantástica, performance drag, estética rock, música eletrônica, cultura popular e pop nacional, redefinindo de forma contundente o atual cenário da música brasileira.

Pré-Save Tudum

Projeto “Cauê pra Beber”
O single é sucessor da também irônica – característica que perpassa a obra de Cauê desde o disco de estreia – “Demonha”, uma parceria com Lucas Estrela e Arthur Kunz, e integrará com ela o EP “Pra Beber”. Produzida por Rafael Castro (que assinou a produção de “Pra Vender”), o single recebeu bateria de Pedro Henning e percussões de Germano Henning.

Andrezza Santos | Vagão Vazio
A cantora pegou as malas, o violão e fez um breve retorno a São Paulo capital, sua terra natal, para gravar “Vagão Vazio”, segundo videoclipe do novo álbum, Eutrópica. As lembranças da metrópole são frequentes no disco e, especialmente em “Vagão Vazio”, ficam mais evidentes com as cenas do vídeo, feitas em locais populares da cidade, como na estação do metrô Vila Madalena, Praça da República e Sapopemba, bairro da zona leste onde Andrezza cresceu e que dá título à primeira parte de Eutrópica, formatado como trilogia.

#filmes

O Novíssimo Cinema da Paraíba
De 5 e 18 de agosto
Gratuito para assinantes e não assinantes www.belasartesalacarte.com.br/browse
O À La Carte exibe com exclusividade o festival composto por sete longas e dezessete curtas-metragens, leva aos assinantes e não assinantes do streaming o que há de melhor na produção cinematográfica recente do Estado. O festival é realizado em parceria com a Fundação Cultural de João Pessoa (Funjope), da Prefeitura Municipal de João Pessoa, e tem início em uma data importante: no dia 5 de agosto é celebrada a fundação da Paraíba. Nos dias 10 e 11 de agosto acontecem duas super programações paralelas do festival, no canal do YouTube do À La Carte, com conversas ao vivo sobre os filmes e o mercado de cinema na Paraíba. Destaque para o longa “A república da selva”, de Manoel Fernandes Neto, que retrata uma república de estudantes localizada no litoral da Paraíba, meses após o impeachment da presidente Dilma Rousseff, e o rescaldo de uma ebulição política sem precedentes, e o curta “Cabidela’s bar”, de Tadeu de Brito.

Olhar Periférico Festival
Até 15 de agosto, 19h e 20h
Grátis
O Festival retrata universos de jovens ou não, mulheres e LGBTQI+ que moram nas periferias brasileiras. Os 33 curtas apresentados foram selecionados entre mais de 500 inscritos. O Festival também contará com mesas com a participação dos realizadores sobre o processo criativo dos filmes. A mostra faz um recorte das principais produções brasileiras das periferias nos últimos anos. Entres elas, “Cidade de Deus – 10 anos Depois” (Cavi Borges e Luciano Vidiga), o documentário resgata os dez anos passados desde o lançamento de Cidade de Deus (2002), longa de Fernando Meirelles e Kátia Lund que recebeu quatro indicações ao Oscar.

Luta Yanomami: Cinema como Aliado | Sesc Digital
De 30 de julho a 13 de agosto
Grátis
Com curadoria das antropólogas Majoí Fávero Gongora e Ana Maria Machado, em parceria com o CineSesc, a mostra recebe longas, médias e curtas-metragens, entre eles “Xapiri”, de Bruce Albert, Gisela Motta, Leandro Lima, Laymert Garcia e Stella Senra, que acompanha sensorialmente os trabalhos dos xapiri (xamãs ou pessoas-espírito), desde seu encontro em Watorikɨ, até a evolução dos rituais Utupë, onde os xamãs atraem entes que os ajudam a conduzir curas-batalhas contra o mal que atinge a ordem cosmoecológica do mundo. Além dos filmes, a mostra traz um ciclo de encontros com especialistas e ativistas indígenas, nos dias 3, 5, 10 e 12 de agosto, terças e quintas, das 14h às 16h. As inscrições são gratuitas e podem ser feitas a partir do dia 27 de julho, às 14h, pelo site inscricoes.sescsp.org.br.

#visuais

“Madeira de Dentro. Madeira de Fora”, de Marcela Bonfim
Artista nascida de Jaú, interior de São Paulo, que vive há onze anos em Porto Velho lança a exposição com acesso online. São mais de 150 imagens que registram parte do percurso documental que a ativista cultural fez em suas andanças sobretudo por distintos cantos de Rondônia e do Amazonas, Pará, Maranhão, Acre e as fronteiras Bolívia Peru. Nesse trajeto, a fotógrafa narra sua busca dedicada em refletir o pertencimento e os contrastes diante das tantas narrativas e existências presentes em identidades, saberes e memórias desses povos e territórios.

#livros

Dez dias num hospício
Este texto clássico do jornalismo investigativo norte-americano ganha nova edição com prefácio de Patrícia Campos Mello. A obra reúne uma série de reportagens que se tornaram documento incontornável da luta antimanicomial. Em 1887, Nellie Bly tinha 23 anos quando recebeu do editor do jornal World a missão de se infiltrar como paciente no famigerado “asilo de lunáticos de Blackwell’s Island”, em Nova York. Munida apenas de sua audácia, a jovem repórter soube usar sua sagacidade para convencer médicos, policiais e juízes de sua insanidade simulada. A ironia desse fato não escapou à jornalista, que denunciou o despreparo dos profissionais que selaram seu destino e de tantas outras mulheres. Mais de 130 anos depois de sua publicação, o livro continua assustadoramente atual.

#cênicas

“Te Falo com Amor e Ira” | Youtube
Dias 9, 16, 23 e 30 (segundas-feiras), às 21h
Grátis – contribuição voluntária
O espetáculo online ganha uma nova temporada em agosto, com atuação de Branca Messina (“A Divisão” e “Gênesis”) e direção de Fernanda Bond (“A Menina e o Pote”). O solo narra o encontro de uma mulher e um homem através de eras – durante uma videochamada. A mulher fala, o homem escuta.

Mostra dialogada
7 de agosto, às 19h
Grátis
Resultado do projeto Laboratório Corpo e Dança, programa de formação em dança contemporânea com foco no fomento e desenvolvimento profissional de artistas de Florianópolis, exibe os trabalhos de Marília Storck e a dupla Julia Milan e Guilherme Fant.

2º Festival de Teatro Online em Tempo Real do Rio de Janeiro
Até 25 de agosto, sábados e domingos, 18h
YouTube

Grátis
Para esta edição foram selecionados  grupos dos seguintes estados: São Paulo, Bahia, Santa Catarina, Amazonas, Pernambuco, Minas Gerais, Alagoas, Rio Grande do Norte e Rio de Janeiro, que vão apresentar seus espetáculos de drama, comédia e esquetes. Nesta semana, o espetáculo viral “Tão de perto”, do Teatro Miçanga, revela a intimidade e o dia a dia de uma personagem através de fragmentos de sua vida. No domingo tem Vinícius Cristóvão no solo “Listas, números, assuntos inacabados”, criado a partir do afeto do teatro com as artes visuais.

#gastronomia

Aizomê
Para o Dia dos Pais, a chef Telma Shiraishi aposta no KIT CHANKONABE, o prato dos lutadores de sumô. O cozido, que faz parte da dieta especial dos atletas, equilibra proteínas e vitaminas e é uma ótima opção para os dias de frio. A versão da chef leva caldo de frango temperado da casa, tofu, bok choy (acelga chinesa), konyaku, alho poró, acelga, horenso, cogumelo enoki, tsukune (bolinhos de frango), cenoura, daikon, shimeji e copa lombo suíno. Acompanha porção de arroz (gohan). O kit, que serve até 2 pessoas, tem entrega por delivery ou retirada no restaurante nos dias 7 e 8 de agosto.
Informações e encomendas aqui.

Cuscuz da Malu
Em homenagem ao Dia dos Pais e atendendo a pedidos de longa data, Malu lança seu Cuscuz de Atum que pode ser comprado individualmente ou dentro do kit. Servido em 2 tamanhos, o combo inclui Guacamole Rústica, Azeite aromatizado com pimentas e ervas, além de um cuscuz de tapioca (Médio R$99 Grande R$169)

Cervejaria Nacional
Em comemoração ao Dia dos Pais, a cervejaria apresenta 3 combos dedicados aos pais cervejeiros. As sugestões estão disponíveis de 2 até 15 de agosto nos aplicativos iFood, Rappi, UberEats ou no delivery próprio da casa. Com a IPA de protagonista, o combo da cerveja queridinha da casa conta com um 1 Litro de Mula e mais dois rótulos da IPA Séries, com a Coffee IPA, que leva como ingrediente o café Catuaí Vermelho do Siriema e a Fruit IPA, feita com polpa de cacau (R$ 88,50); já o Combo Curioso (R$ 92) é dedicada aos pais apreciadores e conta com três sazonais surpresas; e para curtir o fim de tarde com estilo, o combo Happy Hour (R$ 94,90), oferece três litros de Y-Îara Pilsen e 550g de mix de amendoins. Os valores são válidos de quinta-feira a domingo. No site delivery próprio, de segunda a quarta-feira, os combos têm descontos de até 50%.

Lagunitas IPA Day – Dia Internacional da India Pale Ale
Nos dias 7 e 8 de agosto, a cervejaria Lagunitas convida o público a passar pelo seu drive-thru cervejeiro, participar de uma experiência interativa e divertida e ainda levar para casa duas long necks da icônica IPA gratuitamente. A ativação estará aberta ao público das 12h às 18h, tanto no sábado quanto no domingo, no estacionamento do Ginásio do Ibirapuera, em São Paulo. Tudo acontecerá respeitando as regras de distanciamento social, com o público dentro dos carros.

By Koji
Para a celebração de Dia dos Pais, o restaurante By Koji oferece um menu enxuto disponível via delivery para as famílias comemorarem a ocasião em casa. O cardápio que serve duas pessoas sob o valor de R$ 290, deve ser solicitado no aplicativo Ifood ou no WhatsApp, e estará disponível apenas no dia 8 de junho. A experiência By Koji em casa para filhos, pais ou figuras paternas, apresenta de entrada o Ebitem Spicy, que são pedaços de camarão empanados com molho apimentado; na seleção do menu, compõem 14 fatias de Sashimis variados de peixes frescos, e 16 Sushis, nas versões Olho de Boi, Vieira, Chu Toro, Lula e entre outros.

#cursos

Domingo MAM |Bordado subversivo: oficina virtual de bordado em suportes diversos, com Amanda Falcão
5 de agosto, quinta-feira, às 16h
Oficina virtual no Zoom, livre. Com inscrição prévia.
Para intérprete de Libras, solicitar pelo e-mail educativo@mam.org.br com até 48hs de antecedência.
O encontro virtual se inspira nas trajetórias e mudanças sobre o uso do saber-fazer bordado nas artes visuais e manuais. Como ponto de partida, olharemos para o trabalho de Regina Gomide na exposição Desafios da Modernidade – Família Gomide-Graz nas décadas 1920 e 1930.

Publicidade

Bethânia por Jorge Bispo
Ney por Leo Averso
Martinho e Djonga por João Pedro Maia


Gabriela Rassy
Jornalista enraizada na cultura, caçadora de arte e badalação nas capitais ensolaradas desse Brasil, entusiasta da cena musical noturna e fervida por natureza.