Diversidade

Ana Marcela sobre ouro nas Olimpíadas: ‘Mulher pode ser o que quiser’; namorada se emociona

Karol Gomes - 04/08/2021

Com uma medalha de ouro no peito conquistada na natação em águas abertas nas Olimpíadas, a nadadora Ana Marcela tinha uma mensagem na ponta da língua ao ser rodeada pelos jornalistas minutos antes de ouvir o Hino Nacional do Brasil no lugar mais alto do pódio em Tóquio. 

“Mulher pode ser o que ela quiser, onde ela quiser, na hora que ela quiser”, deu a letra a atleta baiana de 29 anos.

Leia também: 7 atletas veganas que disputam as Olimpíadas de Tóquio

Ana Marcela foi campeã mundial e panamericana antes das Olimpíadas

Protagonismo feminino olímpico 

Ana Marcela, que venceu a prova de 10 km da maratona aquática, fez um discurso pela igualdade de gênero“Acho que as mulheres estão vindo com aquele gostinho especial. Estou muito feliz, não só pela medalha, mas por ser campeã olímpica. Acho que nunca imaginei estar aqui agora”, disse. 

O protagonismo feminino é uma das grandes histórias das Olimpíadas. Antes de Ana Marcela, as mulheres do Brasil já haviam conquistado outras duas medalhas de ouro nesta edição dos Jogos Olímpicos. Rebeca Andrade fez história na ginástica com o primeiro ouro brasileiro no esporte (ela levou a prata também) e a dupla Martine Grael e Kahena Kunze, também ficou com o ouro, só que na vela. 

Rayssa Leal levou a prata no skate. A Fadinha tem apenas 13 anos e é uma das estrelas da modalidade. A judoca Mayra Aguiar garantiu a terceira medalha olímpica seguida, a boxeadora Beatriz Ferreira e as tenistas Laura Pigossi e Luisa Stefani também conquistaram o bronze. Ainda há chances de medalhas para o vôlei feminino.

Leia também: Fadinha leva medalha de prata nas Olimpíadas de Tóquio e dá recado para meninas do skate

‘Amor, você é campeã olímpica’

– Yasmin Brunet diz que Medina ‘foi roubado na cara dura’; surfista ficou sem medalha nas Olimpíadas

Maria Clara Fontoura, namorada de Ana Marcela, assistiu a prova de longe, no Brasil. Por meio das redes sociais, ela se mostrou emocionada com o ouro conquistado. “Amor, você é campeã olímpica. Você é f****”, diz ela em vídeo postado após o resultado da prova. 

Maria Clara já estava inserida no mundo dos esportes, pois trabalha com marketing esportivo. Ela e Ana Marcela estão juntas desde o ano passado. 

Publicidade

Foto: Getty Images


Karol Gomes
Karol Gomes é jornalista e pós-graduada em Cinema e Linguagem Audiovisual. Há cinco anos, escreve sobre e para mulheres com um recorte racial, tendo passado por veículos como MdeMulher, Modefica, Finanças Femininas e Think Olga. Hoje, dirige o projeto jornalístico Entreviste um Negro e a agência Mandê, apoiando veículos de comunicação e empresas que querem se comunicar de maneira inclusiva.