Futuro

Carne wagyu, considerada mais cara do mundo, tem versão feita em impressora 3D

Redação Hypeness - 31/08/2021 | Atualizada em - 06/09/2021

A carne wagyu, considerada uma das mais caras e saborosas do mundo, acaba de ganhar uma versão feita em impressora 3D. Cientistas da Universidade de Osaka, no Japão, descobriram uma maneira de imprimir a carne em laboratório. A ideia é produzir uma alternativa ambientalmente consciente e sustentável para a iguaria, além de tornar o produto mais amplamente disponível.

Carne wagyu, considerada mais cara do mundo, tem versão feita em impressora 3D

Usando células-tronco que eles tiraram de vacas wagyu, os cientistas começaram a criar uma estrutura com o marmoreio (aspecto de carne bovina com gordura intramuscular) característico visto na wagyu que a diferencia de outros cortes.

Ao isolar as células da carne, os cientistas organizaram como os músculos, vasos sanguíneos e gordura deveriam ser empilhados. Os pesquisadores então moldaram esses tecidos na forma de um bife usando uma técnica chamada bioimpressão 3D, onde as estruturas celulares podem ser dispostas em camadas para se assemelhar a tecidos reais em seres vivos.

Bife wagyu em 3D com pode ser um passo em direção a um futuro sustentável

Alimentos impressos em 3D e um futuro mais sustentável

Os pesquisadores acreditam que provar que um bife wagyu pode ser impresso em 3D com precisão pode ser um grande passo em direção a um futuro sustentável onde a carne cultivada pode ser criada que se assemelha muito aos produtos existentes. Sua origem na carne real também a diferencia das opções vegetais, como as criadas por Beyond Meat e Impossible Foods.

“Com o aprimoramento dessa tecnologia, será possível não apenas reproduzir estruturas complexas de carne, como o belo marmoreio (sashi) da carne Wagyu, mas também fazer ajustes sutis nos componentes de gordura e músculo”, Michiya Matsusaki, uma das participantes do estudo pesquisadores disseram em um comunicado.

Michiya Matsusaki, uma das pesquisadoras do projeto, disse que com esses ajustes, os clientes poderão um dia pedir um corte de carne cultivado com a quantidade de gordura que desejam, feito sob medida para seus gostos e preocupações com a saúde.

Wagyu: a carne mais cara do mundo

A carne wagyu é conhecida por ser extremamente cara, com preços de alta qualidade do wagyu de até US $ 200 por libra e vacas adultas sendo vendidas por mais de US $ 30.000. Em 2019, as exportações de wagyu do Japão atingiram um recorde de US $ 268,8 milhões em lucros, um aumento de 20% em relação a 2018.

Embora este possa ser o primeiro corte de carne wagyu a ser impresso em 3D, outras tentativas foram feitas para biimprimir bifes. Em fevereiro deste ano, Aleph Farms e a Faculdade de Engenharia Biomédica do Instituto de Tecnologia de Israel Technion bioprintaram e cultivaram em conjunto um bife de olho de lombo usando células reais de vaca.

No entanto, pode demorar um pouco até que alguém consiga cravar os dentes em um pedaço de carne bovina bioimpressa. O Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA) e a Food and Drug Administration (FDA) ainda não criaram uma estrutura regulatória para esses produtos, de acordo com o The Washington Post.

Publicidade

Fotos: divulgação


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.