Ciência

Ciência localiza fóssil de dragão considerado o maior réptil voador da Austrália

Redação Hypeness - 17/08/2021 | Atualizada em - 19/08/2021

Cientistas da Universidade de Queensland  registraram a descoberta de um ‘dragão’ considerado o maior réptil voador da história da Austrália. O estudo, publicado no Journal of Vertebrate Paleontology, revela a existência de um pteurossauro com mais de sete metros de envergadura que viveu no continente australiano há 105 milhões de anos.

– A maior pegada de dinossauro do mundo foi encontrada na costa da Austrália 

Representação artística do animal feita por paleontólogos da Universidade de Queensland

O fóssil foi descoberto por um fossicker chamado Len Shaw. Fossickers são profissionais que trabalham em busca de ouro e fósseis no interior australiano. O objeto foi coletado pela Universidade de Queensland – tratava-se apenas da mandíbula do animal – e mostrou que esse dinossauro é provavelmente o mais próximo que temos dos dragões comuns em livros de fantasia.

“É a coisa mais próxima que temos de um dragão da vida real; Era essencialmente apenas um crânio com um pescoço longo, aparafusado em um par de asas longas. Esse seria um predador bastante selvagem. Um pequeno dinossauro veria apenas uma grande sombra e não ouviria nada até que fosse tarde demais”, explica Tim Richards, pós-doutorando do Laboratório de Dinossauros da Escola de Ciências Biológicas de Queensland.

– Paleontólogos brasileiros reconstroem pela 1ª vez o cérebro de um dos dinossauros mais antigos

O animal foi batizado de Thapunngaka shawi em homenagem aos povos nativos que habitavam a região, como a nação Nação Wanamara.

“O nome do gênero, Thapunngaa, incorpora thapun [ta-boon] e ngaka [nga-ga], as palavras em Wanamara para ‘lança’ e ‘boca’, respectivamente”, disse Steve Salisbury, co-autor do estudo, em nota. “O nome da espécie, shawi, homenageia o descobridor do fóssil Len Shaw, então o nome significa ‘boca de lança de Shaw’.”

Leia também: Dinossauros, OVNIs e atores globais na cidade gaúcha de São Gabriel

Cabeça do ‘dragão’ australiana é enorme e animal é considerado um dos maiores predadores voadores da Oceania

O animal, que tinha uma cabeça de um metro e mais de 40 presas em sua boca, está exposto no museu Kronosaurus Korner, em Richmond, Nova Gales do Sul. Sua descoberta é crucial para a paleontologia australiana e mostra a diversidade dos dinossauros no mundo.

Publicidade

Fotos: Representação artística/Universidade de Queensland


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.