Ciência

Esqueleto de ex-escravo achado na antiga Pompeia dá pistas sobre vida antes de erupção do Vesúvio

Redação Hypeness - 19/08/2021

Arqueólogos descobriram um incrível túmulo na antiga Pompeia que revela muito sobre a vida na metrópole da Antiguidade que foi destruída pela erupção do Vesúvio. Dentro da tumba, havia o corpo parcialmente mumificado de um artista que foi libertado da escravidão.

– Arqueólogos descobrem antiga loja de comida de rua enterrada pela lava em Pompeia

Artista, ex-escravo e segurança do mais sagrado templo de Pompeia: túmulo de Marcus Venerius é um dos mais interessantes achados de Pompeia pré-Vesúvio

O corpo estava em bom estado de conservação, com cabelo e até orelha. Além disso, o túmulo também continha inscrições revelando quem era o enterrado, qual sua profissão e um pouco de sua trajetória de vida.

– Pinturas eróticas antigas nos muros de Pompéia mostram os serviços oferecidos na primeira capital do sexo

A múmia era de Marcius Venerius Secundius, um homem que foi escravizado, mas que acabou se libertando e se tornando um artista! Ele fazia performances em grego e era cuidador do Templo de Vênus, um dos principais templos religiosos de Pompeia sob o domínio do Império Romano.

Segundo os arqueólogos, o tamanho da tumba e seu posicionamento dentro do cemitério mostram que o ex-escravizado havia ascendido socialmente e feito parte de uma classe média dentro da sociedade de Pompeia.

Veja um vídeo da área externa da tumba (em italiano):

A placa de seu túmulo estava escrita em grego, revelando que a cidade adotava a língua antes da erupção que acabou destruindo o município.

Dentro do túmulo de 1,6 por 2,4 metros, foram localizados potes com pomadas e uma urna de vidro com as cinzas de Novia Amabilis, a esposa de Marcus.

Tumba com inscrições sobre o corpo encontrado em Pompeia

 “Mesmo para quem está envolvido na arqueologia funerária há algum tempo, a extraordinária riqueza de dados que esse túmulo oferece, desde a inscrição dos sepulcros, aos achados osteológicos e à fachada pintada, é um fato excepcional”, afirmou o arqueólogo Llorenç Alapont, da Universidade Europeia de Valência, em comunicado.

 

Publicidade

Fotos: Reprodução/Parque Arqueológico de Pompeia


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.