Ciência

Jovem detalha nas redes sociais como é vida com duas vaginas e dois úteros

Redação Hypeness - 23/08/2021

Maysa Rodrigues usou suas redes sociais para falar sobre uma condição inusitada, mas não impossível. Por causa de uma condição congênita rara, a jovem possui duas vaginas e dois úteros – algo que acontece com 1 em cada 3 mil mulheres.

A anomalia, conhecida como útero didelfo, foi diagnosticada quando Maysa tinha 17 anos. Ela descobriu a condição durante a primeira consulta com o ginecologista. Segundo seu relato no Instagram, foi um exame de ultrassom que revelou tudo o que havia “a mais” dentro dela. 

– Museu da Vagina em Londres quer normalizar existência de órgão genital feminino

“No ultrassom, o médico falou: ‘uau, você tem dois úteros. você não sabia?’. Eu falei que nunca tinha ido ao ginecologista e não fazia a mínima ideia de que isso existia. O médico continuou o ultrassom e de repente ele falou que eu tinha dois colos uterinos”, relata Maysa. 

– Mãe se emociona ao conhecer mulher que doou útero para que ela engravidasse

Segundo ela, o médico optou por uma ultrassom transvaginal para ver melhor. Foi aqui que detectou uma segunda cavidade vaginal. O diagnóstico explicou a origem da queixa que levou Maysa a procurar o médico: ela sentia dores durante a relação sexual. 

– Viva la Vulva: comercial celebra vaginas de todas as cores e tamanhos

A jovem disse que o ginecologista constatou que uma cavidade tinha o hímen rompido, mas a segunda não. Apesar de possuir tudo duplicado por dentro: dois úteros, dois colos uterinos e dois canais vaginais, Maysa tem uma vulva e um clitóris, o que faz com que essa anomalia seja imperceptível externamente. 

A cuiabana trata a condição com naturalidade e fala sobre o assunto abertamente em suas redes sociais, onde responde dúvidas das seguidoras sobre a anatomia.

Publicidade

Foto: Reprodução/Instagram


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.