Reverb

Martinho da Vila lança ‘Era de Aquarius’ em parceria com o rapper Djonga cantando um futuro melhor

Vitor Paiva - 06/08/2021

Aos 83 anos o cantor e compositor Martinho da Vila não só segue produzindo como um dos grandes nomes da música brasileira, mas principalmente inovando e convidando – e voltando a crer que a vida vai melhorar. Sua nova canção é “Era de Aquarius”, na qual o sambista recebe o rapper Djonga para uma parceria que chega junto de um videoclipe como a primeira de uma série de novidades que Martinho irá lançar até o ano que vem – e o tema e a letra tratam de assuntos tão atuais quanto possível, incluindo os dilemas políticos no Brasil e a própria pandemia.

"Era de Aquarius", de Martinho da Vila com Djonga

Capa do lançamento que reúne Martinho e Djonga

-‘Sempre é tempo para aprender’, diz Martinho da Vila, aos 81 anos

“O futuro do país está bem próximo/ Conservadores serão liberais/ Os raivosos vão ficar dóceis/ E as doces mais adocicadas/ Quando a era de Aquarius chegar” canta a dupla na canção, que evoca um certo espírito hippie significado pelo ideário da chamada era de aquário para desejar um futuro melhor para o país. A composição foi iniciada pela pena de Martinho, que aproveitou a pandemia para terminar a canção junto de Djonga, a fim de lançar um verdadeiro “canto de esperança”, como o artista comentou.

-Djonga recusa show organizado por acusado de estupro coletivo: ‘Melhor perder dinheiro que a dignidade’

O fim da pandemia é desejado para a era por vir na canção, assim como a redução das diferenças sociais e dos preconceitos, da fome, das intolerâncias religiosas. “Messiânicos, judeus, muçulmanos, cristãos e kardecistas/ Juntos com fiéis do candomblé, se abraçarão no ecumenismo/ Podes crer, podes crer que tudo isso será real/ Quando a era de Aquarius vier” diz a letra. Djonga não é o primeiro rapper com quem Martinho da Vila já colaborou, tendo gravado anteriormente com Rappin’ Hood e Gabriel, o Pensador.

"Era de Aquarius", de Martinho da Vila com Djonga

O espírito da canção é comunitário mas também é crítico sobre os tempos atuais © reprodução/vídeo

-A comunidade hippie que se reúne para celebrar o amor em florestas remotas pelo mundo

A novidade vem junto de uma grande notícia: Martinho da Vila será o grande homenageado no Grammy latino deste ano pelo conjunto de sua obra, em novembro, nos EUA. Os lançamentos que seguem até 2022 terão uma conclusão e coroação digna da dimensão do artista: no carnaval do ano que vem o sambista será homenageado pela Vila Isabel, com sua história de vida e seus sucessos servindo como tema do desfile da escola que Martinho traz de tal forma em seu coração que também está em seu próprio nome.

"Era de Aquarius", de Martinho da Vila com Djonga

Martinho da Vila já fez feat. com outros rappers anteriormente, como Rappin’ Hood e Gabriel, o Pensador

Publicidade

© fotos: divulgação/créditos


Vitor Paiva
Escritor, jornalista e músico, Vitor Paiva é doutor em Literatura, Cultura e Contemporaneidade pela PUC-Rio. Autor dos livros Tudo Que Não é Cavalo, Boca Aberta, Só o Sol Sabe Sair de Cena e Dólar e outros amores, publica artigos, ensaios e reportagens.

Especiais