Arte

Modern Love: série retorna para 2ª temporada contando histórias de amor da vida real

Redação Hypeness - 13/08/2021

Se em nossa imaginação uma história de amor costuma trazer encontro, romance, superação e desejo com rumo claro a um final feliz e inequívoco, na vida real essas histórias apaixonadas combinam tais sentimentos com confusão, complicação, bagunça, dificuldades, desentendimentos e desencontros, em pitadas de humor, drama, tragédia e até a mais franca comédia. É esse amor da vida real que a série “Modern Love” busca retratar, contando os casos mais incríveis e que melhor definem esse tal amor moderno e retornando, depois do grande sucesso de sua estreia, em 2019, para a segunda temporada – a partir de histórias baseadas justamente em ‘causos’ da vida real.

Modern Love, da Amazon Prime Video

O amor real é tema tanto da coluna no jornal quanto da série © Divulgação/The New York Times

-Saiba mais sobre “Dom”, série policial da Amazon Prime e uma das apostas nacionais da plataforma

A série nasceu a partir de histórias contadas em uma das mais tradicionais colunas do The New York Times: batizada com o mesmo nome e publicada na seção “Estilo” da importante edição dominical do jornal. A coluna “Modern Love” traz justamente a vida – e a vida amorosa – dos leitores para dentro das páginas do jornal. Editada desde sua criação em 2004 pelo jornalista Daniel Jones para se tornar uma das partes mais lidas do periódico, a coluna traz relatos contados pelos leitores, tendo as relações amorosas como mote, e a cidade de Nova York como cenário e pano de fundo.

Modern Love, da Amazon Prime Video

A coluna é uma das mais populares do jornal © Divulgação/The New York Times

-Fotografias mostram como era feito o NY Times nos anos 1940; parece que foi em outra vida

Mais do que somente levar os fatos da vida e do amor real para o jornal, a coluna o faz nas próprias palavras de quem os conta – de quem viveu. “Modern Love” no papel não é escrita por jornalistas ou escritores profissionais, mas sim por qualquer nova-iorquino que desejar dividir sua história, e que enviar o texto para Jones selecionar, podendo ou não divulgar sua identidade. A ideia se tornou um imenso sucesso, e se desdobrou não só na série, como em livros, animações, versões especiais, como a “Tiny Love Stories”, em que os casos são contados em menos de 100 palavras, e um podcast, conduzido por Jones ao lado de Myia Lee, também baseado na história publicada em cada semana.

Modern Love, da Amazon Prime Video

Anne Hathaway protagoniza um dos episódios da primeira temporada © Reprodução

-A parte boa e oculta dos relacionamentos longos em ilustrações honestas e delicadas

Assim como a coluna, “Modern Love” não é uma série irreal e fantasiosa, mas sim um retrato aberto e sincero das conexões humanas, indo além das velhas noções de amor romântico e relatando casos autênticos sobre os encontros, as desventuras, os tropeços, e mesmo os finais felizes, mas sempre verdadeiros. Foi esse espírito, somado ao grande elenco – que trazia nomes como Anne Hathaway, Dev Patel, Tina Fey, Andy Garcia e Julia Garner – que fizeram da primeira temporada um imenso sucesso no Amazon Prime Video.

Modern Love, da Amazon Prime Video

Tina Fey e John Slattery estrelam um dos episódios mais queridos da primeira temporada da série © Reprodução

-Rita Lee e Roberto de Carvalho: amor unido com música

A temporada inicial contou histórias como a do porteiro que funcionava como conselheiro e curador das escolhas amorosas de uma moradora do edifício, da jovem bipolar que se inscreve em uma plataforma de paquera online, de um casal em um segundo encontro que acaba no hospital, da relação entre duas pessoas que buscam adotar uma criança com a mãe de seu futuro filho, de um casamento de longa data e em crise, e mais. São, portanto, relatos complexos, verdadeiros, e ao mesmo tempo tocantes, divertidos, engraçados e emocionantes – cheio de facetas como o amor, na vida real, costuma ser.

Modern Love, da Amazon Prime Video

Dev Patel e Catherine Keener em “Modern Love” © reprodução

-Amizade é ponto de partida para maioria dos casais, aponta estudo

A segunda temporada seguirá a estrutura da primeira, tendo as histórias publicadas na coluna como inspiração direta para episódios com cerca de 30 minutos de duração – cada um com uma narrativa própria e independente e apresentando, é claro, também a cidade de Nova York como personagem. “Modern Love” retorna ao streaming com um elenco estelar, formado por nomes como Kit Harington, de Game of Thrones, Anna Paquin, Minnie Driver e Dominique Fishback, entre outras, protagonizando alguns dos 8 novos episódios. 

Modern Love, da Amazon Prime Video

KIt Harington é um dos nomes mais populares da segunda temporada da série © reprodução

Modern Love, da Amazon Prime Video

A atriz Minnie Driver em cena da nova temporada © Reprodução

É, portanto, a oportunidade perfeita para assinar o Amazon Prime Video e rever a primeira temporada para se preparar ou maratonar as duas de uma só vez. 

Em um momento de tanta incerteza como o atual, “Modern Love” convida o espectador a mergulhar em relatos francos e universais sobre sentimentos complexos mas nos quais todos podem se reconhecer em sua  nova temporada, que estará disponível no streaming a partir do dia 13 de agosto. Se você ainda não é assinante, não tem problema. O Amazon Prime Video oferece 30 dias grátis para conhecer e experimentar o serviço.

Modern Love, da Amazon Prime Video

A pandemia e seus protocolos se fazem presentes na segunda temporada de “Modern Love” © Reprodução

Publicidade

© fotos: créditos


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.