Inovação

Qual a diferença entre o Disney+ e o novo Star+? Vale a pena ter os dois?

Thais Moritz - 30/08/2021

Amanhã dia 31 de agosto, a Disney lança para toda a América Latina o novo serviço de streaming da empresa, o Star+. A holding de entretenimento aposta em conteúdos adultos na nova programação, programas originais star e mais de 2000 títulos dos estúdios Disney. Mas será que vale a pena ter o Disney+ e o Star+? Qual é a real diferença entre os dois?

Antes de nos aprofundarmos nas diferenças entre as programações do Disney e Star Plus vamos falar do que realmente importa: valores. No Brasil a assinatura mensal do Disney Plus sai a R$27,90, enquanto a anual está por R$334,00. Já o Star+ vai ser lançado no país com um plano mensal de R$32,90 e anual de R$329,90. Com as duas plataformas disponíveis, os brasileiros podem optar também pelo plano chamado Combo+ que libera os dois streamings por R$27,90 mensal. 

 

O Disney Plus tem como foco a programação infanto-juvenil, as animações e o universo Marvel. O primeiro streaming da Disney, por mais que tenha como público alvo as crianças agrada todos os públicos, até porque os filmes e séries da Disney são verdadeiros clássicos. Mas o catálogo do Disney+ é bem menos variado do que no resto dos streamings, onde encontramos em um único lugar conteúdo infantil e adulto. Para diminuir a diferença com a concorrência, a Disney resolveu criar uma nova plataforma, agora com os conteúdos adultos produzidos nos seus estúdios (Fox, ABC, 20th Century Studios, 20th Television, Touchstone e muitos mais).

Assim, o Star Plus chega no Brasil com títulos como This is Us, The Walking Dead, Grey ‘s Anatomy, Deadpool, Logan e Bohemian Rhapsody, agradando o público mais velho. A Disney também traz conteúdos exclusivos para a plataforma, aumentando ainda mais o catálogo do streaming. Outra novidade são os conteúdos esportivos ao vivo e por demanda da ESPN que estarão disponíveis na plataforma para toda a América Latina. 

Se você é fã da Disney ou tem filhos em casa, abrir mão do Disney+ não é uma opção. Mas, levando em consideração os milhares de títulos de peso das produtoras Disney, não ter o streaming “adulto” também não é. O preço do Combo+ é extremamente competitivo com as outras plataformas no mercado e nós do lado de cá não temos dúvida, vale a pena ter os dois na televisão de casa. 

 

Publicidade


Thais Moritz
Apaixonada por livros e comunicação, Thaís Moritz juntou suas duas paixões e atua como redatora no grupo Webedia. Graduanda de Publicidade e Propaganda na ESPM Rio, é carioca e (como uma boa gen-Z) heavy user de redes sociais. Cultura, música, entretenimento e consumo são só algumas das suas muitas áreas de interesse. Mas se sobrar um tempinho, pode apostar, ela estará na frente da televisão assistindo pela milésima vez suas comédias românticas favoritas.