Diversidade

‘Roda Viva’: pergunta a Martinho da Vila sobre samba e milícia abre debate entre jornalismo e racismo

Redação Hypeness - 17/08/2021

O último convidado do “Roda Viva”, programa de entrevistas da TV Cultura, foi a lenda do samba brasileiro Martinho da Vila. O incrível compositor de diversos clássicos da nossa música popular brasileira teve de responder à jornalista Vera Magalhães sobre uma suposta ligação de escolas de samba do Rio de Janeiro com milicianos.

Vera Magalhães questionou cantor de samba sobre envolvimento de escolas de samba com milícias, mas não questionou membros do governo que possui ligações comprovadas com organizações criminosas desse tipo

Veja o vídeo:

A pergunta levantou alerta vermelho para os espectadores: por que Martinho, que sequer é diretor de escolas de samba ou da Liesa, deveria responder algo sobre esse assunto? A pergunta causou desconforto no filho do sambista.

“Achei muito bonita a entrevista, porém, a Vera Magalhães foi muito desrespeitosa com o meu pai. Foi uma pergunta de uma tentativa de desempoderar um líder do movimento negro, que é o Martinho da Vila. Já não é a primeira vez que ela faz isso, ela fez uma pergunta também para o rapper e meu amigo Emicida”, afirmou Tunico da Vila ao NaTelinha, do UOL.

De fato, Vera havia perguntado para Emicida sobre a ligação do rap com o crime organizado, como foi relembrado no Twitter:

A jornalista também foi questionada sobre a falta de perguntas sobre os reais suspeitos de associação com milicianos, como políticos ligados ao governo federal ou membros da equipe de Jair Bolsonaro, que já defendeu abertamente a legalização das milícias e é sabido amigo de diversos milicianos.

Vera Magalhães não se desculpou pelo comportamento e afirmou que ‘é dever de um jornalista perguntar’. “A pergunta foi feita de maneira geral sobre o que ele pensava a respeito da infiltração nas milícias nas escolas de samba, tema de extrema relevância no debate público, no qual todos os artistas estão inseridos. Não houve nenhuma imputação desrespeitosa”, disse ao NaTelinha, do UOL.

Publicidade

Foto: Reprodução/Instagram


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.