Ciência

Vacinação contra Covid-19: saiba o percentual de proteção das vacinas

Redação Hypeness - 05/08/2021

A variante delta já se tornou a mais comum no Brasil, no Reino Unido e nos EUA. Essa cepa da covid-19 é a mais transmissível até então e cientistas já consideram que ela é tão contagiosa quanto a catapora. Originada na Índia, a delta acabou reduzindo um pouco da eficácia das vacinas. Estudos recentes mostram que, apesar disso, os imunizantes continuam funcionando e podem proteger muito contra a nova cepa do coronavírus.

– Antivacina morto pela covid tirou foto com respirador para mostrar arrependimento

Teste com 98 mil pessoas no Reino Unido reafirmou eficácia de vacinas e mostra que imunizantes seguem eficazes contra a covid-19

Um estudo recente feito pelo Imperial College, do Reino Unido, mostrou que as vacinas Pfizer e Astrazeneca ministradas em duas doses têm eficácia de 59% em prevenir efeitos da covid-19 em sua forma da variante delta.

A pesquisa, que envolveu mais de 98 mil pessoas da Inglaterra, Escócio e Irlanda do Norte, analisou milhares de dados, cruzando informações sobre imunização e testagem para covid-19. Segundo os documentos, não se sabe ao certo qual a diferença da eficácia entre a Pfizer e a Astrazeneca até agora. O resultado bom é que as vacinas continuam funcionando para a variante delta.

– Copa América deixa nova variante da covid-19 como legado ao Brasil 

O problema observado pelos pesquisadores, entretanto, é que a população jovem parece ser a grande responsável por boa parte das infecções. Cerca de 50% dos casos ocorrem em pessoas com menos de 25 anos, que são um quarto da população no total.

“Nós mostramos que antes da recente queda, os jovens estavam causando as infecções. Esses dados apoiam a ideia de que há incerteza sobre o que pode acontecer em setembro, quando as escolas retornarem e aumentarmos os contatos em ambientes internos, por causa dos padrões de infecção que vimos impulsionando o crescimento”, explica o professor do Imperial College Steven Riley.

– ‘Maior erro da vida’, diz professor que não se vacinou e teve covid grave

Outras vacinas são eficazes contra a variante delta

A eficácia de outras vacinas contra a variante delta já foi divulgada. Segundo a Johnson & Johnson, fabricante da Janssen, a sua vacina para a covid-19 possui 67% de eficácia contra a variante delta. A Moderna afirma que a sua eficácia varia entre 75% e 95% para a nova cepa.

Todos os imunizantes autorizados pela Anvisa no Brasil se mostraram seguros e ajudam a combater a variante delta da covid-19

Segundo Liu Peicheng, porta-voz da Sinovac, que desenvolveu a Coronavac, a eficácia do imunizante produzido pelo Butantan é de 66% contra os sintomas graves contra a cepa dominante. Ou seja, a Coronavac funciona contra a variante delta.

– Vacina: 1 dose de AstraZeneca ou Pfizer cessa transmissão de covid pela metade, diz estudo

O Instituto Gamaleya, responsável pela vacina Sputnik V, disse que o imunizante russo possui eficácia de 90% contra a nova cepa da covid-19.

Com boa parte da população vacinada, o vírus circulará menos e, assim, correremos menos risco de criar variantes que ultrapassem a barreira da vacina. Em breve, a pandemia vai acabar. Basta se vacinar! Faça sua parte.

Publicidade

Fotos: © Getty Images


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.