Inovação

Whatsapp aposta em tecnologia de cartões para transferir dinheiro em tempo real

Vitor Paiva - 18/08/2021 | Atualizada em - 19/08/2021

Se hoje o WhatsApp se tornou parte de nossa vida de forma tão profunda quanto o telefone fixo e mesmo o celular já foram um dia, os avanços da tecnologia indicam que o app ainda mais se tornará ferramenta profissional e pessoal fundamental – movimentando não somente nossa comunicação diária, mas também nossas necessidades financeiras. Sim, uma nova função já permite que o WhatsApp realize transferências financeiras de forma segura, rápida e direta – sem precisar sair do app ou mesmo desligar uma ligação para que a outra pessoa receba sem custos o valor transferido.

WhatsApp

O WhatsApp é hoje app onipresente em nosso dia a dia

-De emoji a dinheiro: a evolução do que enviamos pelas redes sociais

A novidade se chama WhatsApp Pay, que já funciona para cerca de 120 milhões de usuários – número equivalente a aproximadamente 60% da população brasileira. O Brasil é o segundo país a oferecer o serviço, que se iniciou recentemente na Índia, e tem sua validade atestada pelo próprio Banco Central, utilizando as bandeiras Visa e Mastercard para realizar as transações. É preciso, portanto, possuir ao menos um cartão de uma das bandeiras para ativar a função, que deve ser configurada através do próprio app em seu aparelho – para tal, se faz necessária a criação de um código PIN no Facebook Pay, que pode ser via uma assinatura eletrônica, de biometria ou reconhecimento facial dependendo do desejo do usuário e do aparelho.

WhatsApp Pay

A transferência no WhatsApp Pay é rápida e segura

A função por enquanto está disponível para todos os usuários do aplicativo em pessoa física, mas a empresa já anunciou que em breve passará a oferecer o serviço para pessoa jurídica. As transações têm limites de R$ 1.000,00 por movimentação, e R$ 5.000,00 por mês, e é permitida a realização de até 20 transações por dia para transferências dentro do Brasil e em reais – tudo gratuito, 24 horas por dia, 7 dias por semana, através de cartões de débito, pré-pagos ou híbridos, que reúnem crédito e débito em um mesmo cartão. As transações não poderão ser realizados através de cartões que ofereçam somente crédito.

Whatsapp Pay

As transações sem a necessidade do usuário abrir nenhum outro app

-Mastercard sai na frente e permite que transgêneros usem nome social em cartões

Além dos próprios sistemas de segurança dos aparelhos já citados, das páginas e da exigência do PIN, vale lembrar que o serviço pelo aplicativo é somente um iniciador de transferência, que faz o banco executar a ordem a pedido de um cliente através da tecnologia reconhecida e assegurada como da Mastercard, mas sem permitir que o app acesse o dinheiro propriamente em forma alguma. Da mesma forma, o WhatsApp não poderá oferecer empréstimos ou financiamentos: é por esse motivo que as transações não poderão ser desfeitas, e assim é fundamental ter certeza de que se está transferido o valor para o destinatário correto.

WhatsApp Pay

Diversas camadas de segurança protegem as transferências no WhatsApp Pay

 O serviço promete ainda se aprimorar e trazer mais possibilidades, seguranças e facilidades para o usuário no futuro, mas um potencial dos mais importantes já vem sendo utilizado: o beneficente, especialmente para quem usar Mastercard. Quem realizar transações pelo WhatsApp Pay utilizando a bandeira Mastercard irá automaticamente doar 2 centavos para a ONG Ação da Cidadania, uma das mais importantes e atuantes do Brasil na luta contra a fome. A ação é parte do Movimento Faça Parte, que já doou mais de 23 milhões de refeições para pessoas em situação de vulnerabilidade social, e que poderá ampliar ainda mais sua atuação a partir da participação de cada um.

-Incentivei meus amigos a ajudarem uma entidade beneficente – e vou te convencer também

A ideia é justamente ajudar os mais afetados pela pandemia sem precisar abrir outro app, com segurança e eficácia: do WhatsApp para seu parente ou amigo; de cada transferência para o prato de quem tem fome. Para dúvidas ou maiores informações, vale acessar a página do Mastercard ou o FAQ do próprio WhatsApp sobre o tema. 

WhatsApp Pay

O uso do app se traduz em doações para quem mais precisa – para quem tem fome

Publicidade

© fotos: Mastercard/reprodução


Vitor Paiva
Escritor, jornalista e músico, Vitor Paiva é doutor em Literatura, Cultura e Contemporaneidade pela PUC-Rio. Autor dos livros Tudo Que Não é Cavalo, Boca Aberta, Só o Sol Sabe Sair de Cena e Dólar e outros amores, publica artigos, ensaios e reportagens.