Debate

A comovente história da Alpaca Geronimo, morta via eutanásia pelo governo britânico

Redação Hypeness - 03/09/2021

Após quatro anos de batalhas judiciais, protestos e intervenções de celebridades, a alpaca Geronimo, talvez o animal mais polêmico do Reino Unido, foi morta por eutanásia pelo governo britânico. O animal de oito anos, que tinha testado positivo duas vezes para tuberculose bovina e que teve sua comovente história no centro do debate em todo o país, foi levado de sua casa, no sudoeste da Inglaterra.

A comovente história da Alpaca Geronimo, morta via eutanásia pelo governo britânico

Geronimo foi morto depois que um mandado expedido pelo tribunal para que o animal fosse executado após apresentar dois testes positivos para tuberculose bovina, como confirmou o Departamento de Meio Ambiente, Alimentação e Assuntos Rurais (Defra) do país.

Policiais levam Geronimo para a eutanásia

Cerca de 20 policiais chegaram à fazenda, junto com quatro funcionários do Defra vestidos com macacões, máscaras e óculos de proteção. Geronimo fugiu, junto com outros animais, mas foi capturado em 20 minutos, amarrado com uma corda e colocado em um trailer.

O trailer saiu da fazenda às 11h20 e, por volta das 12h40, o Defra confirmou que o animal havia sido sacrificado por funcionários da Agência de Sanidade Vegetal e Animal (Apha). A dona da alpaca, a fazendeira Helen Macdonald, não quis presenciar a morte de Geronimo.

Em nota, o Defra disse que Geronimo havia sido sacrificado “como uma medida necessária” para controlar a disseminação da tuberculose bovina.

Protestos a favor da vida de Geronimo

Quando foi importada da Nova Zelândia, a alpaca foi submetida a quatro testes cutâneos que deram resultado negativo para a tuberculose bovina. Chegando à Inglaterra, o animal passou por outros dois exames de sangue e um teste cutâneo que resultaram positivos. O fato fez com que as autoridades determinassem a eutanásia da alpaca.

A fazendeira afirma que os exames de Geronimo foram falsos positivos e entrou na justiça para conseguir impedir que o animal fosse sacrificado. Depois de muitas tentativas, ela acabou perdendo a batalha no Supremo, o que custou o equivalente a R$ 360 mil.

Mais de 140 mil pessoas, entre eles o apresentador Chris Packham e a atriz Joanna Lumley (do seriado Absolutely Fabulous), assinaram uma petição pedindo a salvação de Geronimo, que também recebeu apoio público de Stanley Johnson, o pai do primeiro-ministro.

Publicidade

Fotos: Getty Images

Destaque: Jacob King/PA Images via Getty Images


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.