Debate

Atlas do sexo diz que brasileiros transam mais e 44% das mulheres finge orgasmo

Redação Hypeness - 13/09/2021

A jornalista britânica Yasmin Harisha transformou anos de pesquisa e trabalho escrevendo sobre sexo em um “atlas” sobre o assunto. Entre as informações sobre hábitos de pessoas em todo o mundo entre quatro paredes, ela falou também sobre os brasileiros

De acordo com a jornalista, os brasileiros são os que levam mais tempo na relação sexual, com cerca de 30 minutos. Outro hábito frequente diz muito sobre como o sexo é encarado por aqui: mais de 44% das mulheres admitem fingir o orgasmo.

– Viagra natural? Comer nozes melhora orgasmo e desejo sexual dos homens

– ‘Finjo mesmo, tô nem aí’: Simaria revela que simula orgasmos

Brasil é o lugar em que as mulheres mais fingem orgasmo

A jornalista britânica analisou a realidade de outros países. A Índia, por exemplo, é onde as pessoas menos usam camisinha durante o ato sexual. Cerca de 95% dos indianos não utilizam o preservativo, diz o trabalho da jornalista. 

Há inclusive uma hashtag contra a camisinha no Twitter da Índia: “Odeio camisinhas” é como o movimento se apresenta. Segundo eles, o preservativo reduz a intimidade e o prazer, o que não faz sentido algum. Camisinha previne uma imensidade de doenças, além da gravdiez indesejada. 

O atlas do sexo de Yasmin Harisha utilizou dados da empresa Durex, além da revista científica “Frontiers in Psychology”, da Global Sex Survey e do Penguin Atlas Of Human Sexual Behaviour. Uma curiosidade sobre os brtiânicos para encerrar: eles são apaixonados por pés e gostam de chupar os dedos durante o sexo. 

Publicidade

Foto: Getty Images


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.