Debate

Cachorro Golden morre após voo Rio-SP e tutora acusa companhia aérea

Redação Hypeness - 21/09/2021

Um cachorro faleceu após fazer uma viagem de avião entre São Paulo e Rio de Janeiro com a companhia aérea Latam Airlines. A denúncia foi feita pela tutora Gabriela Duque Rasseli, 24. Segundo relato publicado no Instagram da tutora, o filho de golden retriever faleceu por conta do calor.

– Mulher envia cachorro para banho em pet shop e recebe animal morto; entenda 

Essa imagem mostra o cachorro vivo e bem no Aeroporto do Galeão, ainda no terminal de cargas. Animal acabaria falecendo posteriormente, antes de ser entregue para a sua nova tutora.

Em uma postagem no Instagram, Gabriela relatou que o cachorrinho foi enviado por um canil de São Paulo para o Rio de Janeiro de avião. O voo em que o cão embarcou chegou às 13h53 no Rio de Janeiro, mas só foi entregue à tutora após às 15h30, ou seja, mais de 1h30 após a chegada. Quando a tutora finalmente conheceu seu cãozinho, ele já estava desacordado. A Latam afirma que entregou o cãozinho por volta das 15h10 a Gabriela.

– Vira-lata caramelo é estrela de perfil de signos com cachorros fofos; veja o seu 

“A Latam Airlines assassinou o meu cachorro. Eu não tive oportunidade de conhecê-lo”, escreveu Rasseli em uma publicação no Instagram. “Deixaram meu cachorro no calor, quando ele chegou a mim estava quase morto. Eu e minha família estamos devastados. Não tem nada que alivie nossos corações. A gente só quer justiça”, completou a jovem, que deseja reparações por parte da Latam.

A empresa aérea nega que tenha deixado o cãozinho no calor e reitera que ainda entregou o animal antes do prazo estipulado para Rasseli. A Latam reitera que o cão não foi exposto ao sol ou ao calor e que agiu segundo padrões nacionais e internacionais para transporte de carga viva.

– Vira-lata caramelo que viralizou em nota de R$ 200 se chama Pipi; saiba mais

“Nós da LATAM nos sensibilizamos muito com o que aconteceu e estamos em contato com a cliente Gabriela desde o desembarque do animal. A companhia reitera que a segurança é um valor inegociável, reforçando que se solidariza com a tristeza vivida pela cliente e que fará tudo que está ao seu alcance para oferecer a assistência necessária neste momento. A empresa esclarece ainda que seguiu todos os procedimentos de aceitação e transporte do pet que atendem rigorosamente aos regulamentos de autoridades nacionais e internacionais”, disse a empresa em nota enviada ao UOL.

Publicidade

Fotos: Reprodução/Instagram


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.