Debate

Irmãos de SC negam vacina e morrem de covid com 8 dias de intervalo: ‘Falta de informação’

Redação Hypeness - 24/09/2021

Um trio de irmãos faleceu por conta da covid-19 no intervalo de oito dias em São João do Sul, Santa Catarina. Valdir, Deneci e Denilde Carboni Pedro, de 48, 51 e 53 anos, respectivamente, se recusaram a tomar a vacina contra o novo coronavírus e acabaram morrendo por complicações causadas pela doença.

– Pai que não quer se vacinar contra covid é proibido pela Justiça de visitar filha de 1 ano 

Trio de irmãos faleceu por conta da covid-19; eles escolheram não se vacinar contra a doença

Segundo Aldair, que era irmão das vítimas, Denilde e Deneci estavam com medo de tomar o imunizante por conta da possibilidade de reações adversas. Ambas eram diabéticas. Ele informou que Valdir afirmou ‘não ter tido tempo’ para se imunizar por conta do trabalho.

Pais, vacinados, sobreviveram à covid-19

Todos poderiam ter se vacinado desde julho. Segundo Rejane Elíbio de Borba, secretária de saúde da cidade, profissionais de saúde foram atrás dos irmãos para que eles se vacinassem, mas eles se recusaram a tomar o imunizante.

“Eu não sabia que eles não tomaram. Foi uma tragédia. Os meus pais tomaram a injeção. Eles [os irmãos] eram novos e negligenciaram”, disse Altair ao G1.

– Antivacina morto pela covid tirou foto com respirador para mostrar arrependimento 

Segundo Altair, os pais deles pegaram covid-19. Tanto o pai, de 86, e a mãe, de 81 anos, tiveram sintomas leves e atualmente estão curados da doença. A infecção ocorreu no mesmo período de tempo.

Denilde e Valdir faleceram no dia 13 de setembro com algumas horas de intervalo. Deneci faleceu no dia 21 de setembro. Altair afirmou que discursou em todos os enterros implorando para que as pessoas tomassem a vacina.Nos três velórios, na hora do sepultamento, eu fiz um apelo a quem talvez não tivesse vacinado por qualquer motivo – porque a gente também não pode julgar as pessoas”, afirmou ao UOL.

– Juliano Cazarré fala sobre recusa em tomar vacina contra a covid-19

“A gente perdeu três irmãos em um espaço de oito dias e cada um deles tinha filhos jovens. […] Procure se vacinar, procure se proteger. Muitas pessoas estão ignorando esse tipo de coisa, fazendo muito ‘ajuntamento’, festas. Coisa que leva o vírus a se propagar”, completou.

 

Publicidade

Fotos: Funerária Menino Deus/Divulgação 


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.