Debate

Homem é condenado a 10 anos após injetar sêmen em mulher: ‘Bizarro e perturbador’

Redação Hypeness - 14/09/2021

Thomas Stemem, de 53 anos, foi condenado a 10 anos de prisão por injetar sêmen em uma mulher. O crime aconteceu em fevereiro de 2020, em um mercado em Maryland, nos Estados Unidos.

– Racismo: professora negra é revistada em supermercado acusada falsamente de roubo

– Vítima bate em chefe com esfregão após sofrer assédio sexual no trabalho

O acusado admitiu que era ele mesmo nas imagens, mas disse não ter cometido nenhum crime

Câmeras de segurança do local captaram o momento em que Stemem se aproxima da vítima com uma seringa em mãos. A mulher, que estava com um carrinho de compras, se assusta e ele age como se tivesse sido o primeiro a chegar no local do crime, tentando entender o que aconteceu com a vítima. 

Segundo o jornal The Washington Post, a sentença de 10 anos faz parte de um acordo de prisão, que inclui também, na pena de Stemem, outros cinco anos em liberdade condicional por agredir uma jovem de 17 anos. O caso foi descrito pelo juiz como “absolutamente bizarro e perturbador”.

Publicidade

Foto: Reprodução/The Washington Post


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.