Debate

Nicki Minaj cita testículos de amigo do primo em fala negacionista sobre vacina

Redação Hypeness - 15/09/2021

A justificativa de Nicki Minaj para não ter comparecido ao tradicional baile Met Gala, que aconteceu nesta segunda-feira (13) em Nova York, é repleta de fake news que provocaram uma enxurrada de críticas contra a rapper. 

“Eles querem que eu me vacine para ir ao Met. Se eu me vacinar, não (será) pelo Met”, escreveu Nicki no seu Twitter. 

Minaj explicou ainda que só irá se vacinar contra a covid-19 quando tiver pesquisado o suficiente. “Estou trabalhando nisso agora. No meio tempo, meus amores, continuem seguros. Usem a máscara com duas tiras que cobrem sua cabeça e rosto. Não aquela larga”, completou no tweet.

– Eric Clapton insiste em discurso negacionista antivacina e diz ter perdido amigos por suas opiniões

Nicki Minaj na última edição do Met Gala, em 2019

Nicki Minaj foi bombardeada de mensagens de fãs explicando que já existem evidências científicas suficientes para comprovar a eficácia da vacina. E, ao tentar responder os comentários, a artista acabou se enrolando mais ainda.

– Tarcísio Meira morreu de covid com 2 doses da vacina e especialistas detalham caso

A rapper escreveu sobre um amigo de um primo que mora em Trinidad & Tobago e que teria se tornado impotente por causa da vacina, que segundo o relato negacionista de Nicki Minaj, teria deixado seus testículos inchados. Aí foi a vez dos especialistas em saúde entrarem na conversa. Muitos responderam Nicki dizendo que estes não são efeitos colaterais da vacina.

Nicki já teve covid 

Como toda a pessoa que ainda não se vacinou, Nicki Minaj está mais exposta ao vírus causador da covid-19. Ela, inclusive, já foi infectada pela doença enquanto se preparava para se apresentar no “VMA”, evento organizado pela MTV um dia antes do Met Gala. “Você sabe como é não poder beijar ou abraçar seu filho pequeno por mais de uma semana?”, disse.

Os Estados Unidos vivem uma espécie de pandemia dos não vacinados. O país tem mais de 60% da população imunizada com ao menos uma dose, mas enfrenta alta nos números de mortes e internações provocados justamente por negacionistas com discursos muito parecidos com os de Nicki Minaj. O estado do Kentucky, por exemplo, registra 70% dos hospitais em situação crítica pela falta de funcionários em meio ao caos provocado pelo aumento de internações. 

Os Estados Unidos reportam cerca de 1.800 mortes diárias e mais de 170 mil novos casos de covid-19 – são os números mais elevados desde meados de janeiro e março. Não faça como Nicki Minaj, procure o posto de saúde mais próximo e se vacine.  

Publicidade

Foto: Getty Images


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.