Tecnologia

O novo prédio de 2.1 bilhões de dólares do Google em Manhattan

Vitor Paiva - 27/09/2021

Apesar de incentivar o trabalho em home office, e ter uma grande parte de seus funcionários trabalhando de casa desde o início da pandemia, o Google anunciou que investirá 2,1 bilhões de dólares para adquirir um grande edifício de escritórios em Manhattan, na cidade de Nova York. Segundo a imprensa estadunidense, trata-se de um dos maiores investimentos imobiliários da história recente do país, a fim de adquirir, para em seguida renovar e expandir a imensa construção onde, no passado, funcionava o Terminal Ferroviário St. John’s, na Hudson Square, na parte baixa da ilha.

O projeto do prédio, feito pelo escritório de arquitetura Cookfox

O projeto do prédio a ser inaugurado em 2023

-Novo escritório do Google Brasil tem decoração inspirada em bairros de SP

Também conhecido como 550 Washington Street, o complexo de escritórios já é ocupado pelo Google, que alugava desde 2018 os mais de 120 mil metros quadrados de escritórios sem, no entanto, utilizá-los. “O Google tem a sorte de ter a cidade de Nova York como seu lar por mais de 20 anos, período durante o qual crescemos para 12 mil funcionários”, escreveu Ruth Porat, CFO da Alphabet, empresa dona do Google, em um post, que afirmou que a “vitalidade, criatividade e talento de classe mundial de Nova York” eram os principais motivos para o investimento na cidade.

O antigo prédio, quando o local ainda funcionava como terminal ferroviário

O antigo prédio, quando o local ainda funcionava como terminal ferroviário 

-Capitalismo decadente: O prédio de R$ 17 bilhões que está se desfazendo em Manhattan

A compra acontece em um momento em que o maior mercado se vê especialmente abalado por conta da crise imposta pela pandemia e da mudança inevitável para trabalhos remotos no período: o próprio Google anunciou há um mês que o trabalho presencial só será retomado em janeiro do ano que vem. A compra, portanto, surge como uma forma de ampliar o espaço dos escritórios da empresa em Manhattan, a fim de oferecer uma abordagem híbrida para o trabalho para, segundo o post de Porat, criar um espaço para os funcionários “se reunirem pessoalmente para colaborar e construir uma comunidade”.

St. John's Terminal

O edifício atualmente já se encontra em obras © Michael Young/divulgação

-Conheça o novo escritório do Google em Amsterdam

Os 12 mil funcionários na cidade fazem do escritório do Google em Manhattan os maiores da empresa fora de sua sede na Califórnia: segundo o anúncio, os planos da empresa incluem a contratação de novos 2 mil funcionários para Nova York nos próximos anos. As autoridades locais comemoraram o investimento, como uma prova efetiva da recuperação da economia da cidade diante do impacto geral da pandemia. Segundo o Google, a transação para o edifício será concluída no primeiro trimestre de 2022, com inauguração prevista para o meio de 2023.

O prédio irá alterar a paisagem à beira do rio Hudson

O prédio irá alterar a paisagem à beira do rio Hudson

Publicidade

© fotos: Cookfox Architects/divulgação


Vitor Paiva
Escritor, jornalista e músico, Vitor Paiva é doutor em Literatura, Cultura e Contemporaneidade pela PUC-Rio. Autor dos livros Tudo Que Não é Cavalo, Boca Aberta, Só o Sol Sabe Sair de Cena e Dólar e outros amores, publica artigos, ensaios e reportagens.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.