Ciência

O que se sabe sobre o caixão e o machado raro de 4 mil anos encontrados na Inglaterra

Vitor Paiva - 16/09/2021

Um caixão de madeira da idade do bronze foi descoberto por acaso durante uma obra realizada em um campo de golfe na cidade de Sheffield, na Inglaterra, revelando uma importantes e raras peças arqueológicas. Dentro do caixão, que possui pelo menos 4 mil anos de idade, foram encontrados não só os restos mortais de um homem, como um machado especialmente raro: segundo pesquisadores, somente outras 12 peças semelhantes já foram encontradas no país. A descoberta aconteceu em 2018 mas só foi revelada agora ao público.

Ian Panter, chefe de conservação do York Archeological Trust, com o caixão recuperado

Ian Panter, chefe de conservação do York Archeological Trust, com o caixão recuperado

-A incrível adaga de cristal pré-histórica descoberta na Espanha

Com cerca de três metros de comprimento e um metro de largura, o túmulo foi construído utilizando troncos de árvores, com folhas em seu interior como uma espécie de forro para apoiar o corpo. Segundo arqueólogos da Universidade de Sheffield, o esforço dedicado à construção do caixão, bem como a presença e a qualidade do machado encontrado junto aos restos mortais – como um símbolo de autoridade e de posição elevada na hierarquia social de então –, indicam se tratar de túmulo de uma pessoa conceituada e importante para a comunidade da época.

O machado foi descoberto em perfeito estado dentro do caixão

O machado foi descoberto em perfeito estado dentro do caixão

-Cientistas descobrem segredo do computador de mais de 2 mil anos

“A matéria orgânica foi preservada nas condições úmidas e sem ar dentro do tronco oco da árvore, isso pode nos dizer sobre as plantas que foram escolhidas para amortecer o corpo e até mesmo a época do ano em que esse homem foi sepultado”, afirmou Hugh Willmott, pesquisador ligado à universidade. De acordo com os pesquisadores, existem outros 65 caixões da Era do Bronze conhecidos no país, e a atual descoberta passou um ano em armazenamento refrigerado para avaliação, até ser transferido para o York Archaeological Trust, onde está sendo tratado para preservação.

caixão

A peça sendo trabalhada para preservação

O caixão foi esculpido no tronco de uma árvore

O caixão foi esculpido no tronco de uma árvore

-Depósito de armas de soldados romanos de mais de 2 mil anos é descoberto na Espanha

A descoberta pegou de surpresa principalmente Mark Casswell, dono do Tetney Golf Club, campo de golfe construído recentemente no terreno que por muitos anos pertencia a sua família. “Minha família cultivou a terra aqui por anos antes de abrirmos o campo de golfe. Eu nunca poderia imaginar que houvesse um outro mundo enterrado sob os campos”, afirmou Caswell à imprensa local. Após a conclusão do trabalho de conservação atualmente em processo, os artefatos serão transportados para se tornarem parte do acervo do museu The Collection, localizado no condado de Lincolnshire, na região leste da Inglaterra.

machado

A presença do machado indica superioridade social da pessoa enterrada

Publicidade

© Fotos: York Archeological Trust


Vitor Paiva
Escritor, jornalista e músico, Vitor Paiva é doutor em Literatura, Cultura e Contemporaneidade pela PUC-Rio. Autor dos livros Tudo Que Não é Cavalo, Boca Aberta, Só o Sol Sabe Sair de Cena e Dólar e outros amores, publica artigos, ensaios e reportagens.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.