Arte

45ª Mostra de Cinema de SP tem 130 filmes em exibição por streaming

Gabriela Rassy - 19/10/2021 | Atualizada em - 22/10/2021

A 45ª Mostra Internacional de Cinema de São Paulo já tem data, programação completa e bons filmes disponíveis por streaming. Com programação híbrida, além dos 264 títulos exibidos em sessões presenciais na capital paulista, ao menos 130 filmes integram a programação online do evento, podendo ser vistos de qualquer lugar do mundo.

A 45ª Mostra acontece entre os dias 21 de outubro e 3 de novembro e as sessões virtuais acontecem em três plataformas de streaming: a Mostra Play, a Itaú Cultural Play e o Sesc Digital.

A seleção deste ano faz um apanhado do que o cinema contemporâneo mundial tem produzido, além de apresentar tendências, temáticas, narrativas e estéticas. A 45ª Mostra é composta de seis seções: Apresentação Especial, Competição Novos Diretores, Mostra Brasil, Mostra Brasil – Competição, Perspectiva Internacional e Retrospectiva – esta última, prestando uma homenagem ao cineasta português Paulo Rocha (1935-2012).

Na Mostra Brasil, destaque para Urubus, com direção de Claudio Borrelli e produção de Fernando Meirelles. O longa sobre a cultura dos pixadores da cidade de São Paulo conta com a participação do pichador e artista plástico CRIPTA Djan em diversos elementos, inclusive no roteiro. O trailer de Urubus tem lançamento exclusivo aqui no Hypeness. Confira:

Filmes da 45ª Mostra no streaming

A Mostra Play, streaming exclusivo da Mostra Internacional de Cinema em São Paulo, está de volta nesta 45ª edição com ingressos avulsos vendidos a R$ 12. O pagamento pode ser feito por cartão de crédito ou via transferência bancária ou pix para quem optar pelo pacote, com o mínimo de cinco ingressos.

Existem três tipos de pacotes: 5 ingressos (R$ 57), 10 ingressos (R$ 105) ou 15 ingressos (R$ 150). A venda de pacotes acontecerá até o dia 1 de novembro e a troca dos ingressos dos pacotes por filmes poderá ser feita no primeiro dia do festival, em 21 de outubro.

Na Mostra Play, após a aquisição dos ingressos, o espectador vai criar uma biblioteca e terá três dias para assistir às obras escolhidas e 24 horas a partir do primeiro acesso (play) a cada uma. Os títulos da seleção só poderão ser vistos até as 23:59 do dia 3 de novembro de 2021.

Para comprar ingressos e assistir aos filmes, acesse a Mostra Play, o Itaú Cultural Play e o Sesc Digital.

Confira alguns destaques:

Filmes Nacionais

Madalena
Direção: Mardiano Marcheti
Entre Luziane, Cristiano e Bianca, há pouca coisa em comum além do fato de viverem em uma cidadezinha cercada por plantações de soja no Centro-Oeste do Brasil. Embora não se conheçam, os três são afetados pelo desaparecimento de Madalena. Em partes diferentes da cidade, cada um deles encontra seu modo de responder a essa ausência. Exibido nos festivais de Roterdã e San Sebastián.

Os Donos da Casa
Direção: Carla Dauden
A Copa de 2014 passou pelo Brasil levantando poeira como bola em campinho abandonado. A competição trouxe e levou com ela sonhos, ilusões e, também, tristezas. Este documentário retrata esse ciclo com a perspectiva que só a passagem do tempo pode nos dar, e o faz a partir das histórias de quatro pessoas de diferentes lugares do país, levantando, ainda, importantes questões sobre o impacto de megaeventos nos países-sede. Os donos da casa do título são brasileiros e brasileiras que vivenciaram o melhor e o pior de um evento que receberam com os braços abertos.

SARS-CoV-2 – O Tempo da Pandemia
Direção: Lauro Escorel, Eduardo Escorel
Sete médicos e especialistas em saúde pública aceitam a missão de combater a pandemia, trabalhando voluntariamente. Essa tarefa imprevista nas carreiras de Paulo Chapchap, Maurício Ceschin, Gonzalo Vecina, Drauzio Varella, Sidney Klajner, Eugênio Vilaça e Pedro Barbosa é comentada por eles. Além de acompanhar esse comitê, o documentário traz relatos de profissionais da linha de frente, atuantes em São Paulo e Manaus, sobre a experiência de ir ao encontro da Covid-19 para cuidar de pacientes e idosos.

Transversáis
Direção: Émerson Maranhão / Produção: Allan Deberton (Deberton Filmes)
Érikah é professora, Samilla é funcionária pública. Caio José é paramédico, Kaio Lemos é pesquisador acadêmico. Mara é jornalista e mãe de uma adolescente. Os cinco têm origens, formações e classes sociais diferentes. Em comum, o fato de ter suas vidas atravessadas pela transexualidade.

Urubus
Direção Cláudio Borrelli. Produção: Fernando Meirelles
São Paulo. Na quarta maior cidade do mundo, onde a pichação cobre mais muros e prédios do que qualquer outro lugar no planeta, Trinchas comanda um grupo de pichadores que escala os edifícios mais altos para deixar sua marca. Quando Trinchas conhece Valéria, uma estudante de arte, seus mundos colidem resultando na invasão da 28ª Bienal de São Paulo. A partir de então, a pichação ocupa seu lugar no mundo da arte e o bando de jovens invisíveis de periferia, torna-se protagonista de um polêmico debate cultural.

Filmes Internacionais

AZOR
Direção: Andreas Fontana (Vitrine Filmes)
Yvan De Wiel, banqueiro privado de Genebra, viaja para a Argentina durante a ditadura para substituir seu parceiro desaparecido. Entre salões silenciosos, piscinas e jardins luxuosos, um duelo remoto acontece entre dois banqueiros que, apesar de seus métodos diferentes, são cúmplices de uma discreta e implacável forma de colonização. Exibido nos festivais de Berlim e San Sebastian 2021.

Bantú Mama
Direção: Ivan Hererra
Uma mulher francesa de origem africana consegue fugir depois de ser presa na República Dominicana. Ela se esconde em Capotillo, o bairro mais perigoso de Santo Domingo, onde é acolhida por um grupo de jovens. Ao mesmo tempo em que se torna protegida e uma espécie de figura materna dessa turma, ela passa a ver seu destino mudar de maneira definitiva. Filme exibido no Festival SXSW.

Biabu Chupea: Um Grito no Silêncio
Direção: Priscila Padilla
Luz pertence à comunidade indígena embera chami, da Colômbia. Ela deixou seu território de origem há alguns anos, após descobrir ter sido vítima de uma mutilação genital. Apartada de seu mundo, ela tenta preservar as tradições culturais que ainda consegue se lembrar. Claudia, também embera, torna-se a única ligação com seu povo. Motivada pela profunda tristeza da amiga, Claudia parte em viagem rumo ao território indígena para dialogar com outras mulheres da etnia sobre os dilemas que enfrentam. Exibido no festival de documentários Hot Docs.

A Noite do Fogo
Direção: Tatiana Huezo
Em uma cidade isolada nas montanhas mexicanas, as meninas usam cortes de cabelo masculinos e têm esconderijos nos subterrâneos. Ana e suas duas melhores amigas ocupam as casas daqueles que fugiram e se vestem como mulheres adultas quando ninguém as observa. Nesse universo particular e impenetrável, uma atmosfera mágica e alegre toma conta delas. Enquanto isso, suas mães as treinam para fugir daqueles que as escravizam ou as transformam em fantasmas. Até que um dia, uma das garotas não consegue chegar a tempo em seu esconderijo. Adaptado livremente do romance Reze pelas Mulheres Roubadas, de Jennifer Clement. O filme recebeu uma menção especial da seção Um Certo Olhar no Festival de Cannes.

66 Questões da Lua (Moon, 66 Question)
Direção: Jacqueline Lentzou (Vitrine Filmes)
Após anos morando na França, Artemis está de volta a Atenas para cuidar de seu pai. A descoberta de um grande segredo do passado irá transformar a relação entre pai e filha.
Exibido no Festival de Berlim 2021, Vencedor do Prêmio Cineuropa no Festival de Cinema de Sarajevo 2021.

Acompanhe a programação completa no site oficial da 45ª Mostra Internacional de Cinema de São Paulo.

Publicidade


Gabriela Rassy
Jornalista enraizada na cultura, caçadora de arte e badalação nas capitais ensolaradas desse Brasil, entusiasta da cena musical noturna e fervida por natureza.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.