Arte

Abdulrazak Gurnah: Nobel de Literatura é o primeiro negro a levar prêmio em 28 anos

Redação Hypeness - 07/10/2021

Na manhã dessa quinta-feira, a Academia Sueca anunciou que o vencedor do Prêmio Nobel de Literatura de 2021 é Abdulrazak Gurnah. O professor universitário nascido na Tanzânia e de origem árabe se tornou o primeiro escritor negro a ganhar a maior premiação da literatura mundial desde 1993.

– Quem é Louise Glück, a vencedora do Nobel de literatura 2020 

Abdulrazak Gurnah

Abdulrazak Gurnah se torna quatro negro e segundo árabe a receber laureamento do Prêmio Nobel de Literatura; sua obra reflete sobre imigração, racismo e colonialismo.

A Academia afirmou que Gurnah foi premiado por “sua penetração intransigente e compassiva dos efeitos do colonialismo e do destino do refugiado no abismo entre culturas e continentes.”

– Refugiado ganha maior prêmio de literatura da Austrália com livro escrito pelo WhatsApp

Seus romances fogem de descrições estereotipadas e abrem nossos olhares para uma África Oriental culturalmente diversificada, desconhecida para muitos em outras partes do mundo“, afirmou a instituição.

Abdulrazak Gurnah nasceu no Sultanato de Zanzibar — atual Tanzânia — e foi como refugiado para o Reino Unido nos anos 1960. Ele fugiu com 18 anos para a Inglaterra por conta da perseguição da Revolução Zanzibar contra cidadãos de origem árabe. Ele se tornou um proeminente professor de literatura e renomado autor na terra da rainha. Suas narrativas se concentram nos dilemas das sociedades do leste africano.

– Filósofas e filósofos essenciais para refletir sobre a vida em sociedade 

Entre suas principais obras estão “Paradise“, “Memory of Departure” e “By The Sea“. Seus romances mostram as chagas do colonialismo no continente africano e as dores dos imigrantes. Nenhum livro do autor foi editado para o português ainda.

Abdulrazak se tornou o quarto negro — a última vencedora foi Toni Morrison, primeira mulher negra a receber a distinção, em 1993 — e o segundo árabe a ganhar o prêmio. O primeiro havia sido Naguib Mahfouz, escritor egípcio que levou o prêmio em 1988.

– Nobel de Literatura é cancelado após escândalo de abusos sexuais

Em entrevista à Academia Sueca, o autor criticou a forma como governos e parte dos cidadãos europeus lidam com os refugiados, com políticas anti-imigração extremamente rígidas: “Quando os imigrantes chegam, isso é uma via de mão dupla porque, certamente, eles têm algo a lhes dar. Ninguém chega de mãos vazias. A maioria deles são pessoas talentosas e cheias de desejo para criar coisas novas. Então é crucial pensar nisso. Vocês não podem pensar nos imigrantes como se eles fossem apenas famintos“. Se há alguém que é prova disso, ele se chama Abdulrazak Gurnah.

Publicidade

Fotos: Licenciado sob Creative Commons, Festival Palestino de Literatura


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.