Sustentabilidade

Austrália devolve a enorme floresta tropical de Daintree a aborígenes na fronteira com a Grande Barreira de Corais

Yuri Ferreira - 07/10/2021

O governo australiano oficializou a devolução das terras da floresta tropical de Daintree na Austrália, para o povo aborígene Kuku Yalanji. O local, considerado extremamente importante para a diversidade da fauna e da flora australiana, também é um “guardião verde” da Grande Barreira de Coral, uma das maiores faixas de corais de todo o planeta.

Floresta tropical é reino de diversidade no norte australiano e será explorada para turismo

A floresta tropical de Daintree demarcada para os povos nativos da Austrália tem área de 965 mil quilômetros quadrados. Agora, ela irá se somar às outras terras dos Kuku Yalanji na região.

O local é um dos principais acessos para a Grande Barreira de Corais. A costa possui praias paradisíacas e fácil acesso a outras ilhas do Pacífico.

– A poderosa comunidade de aborígenes trans que há décadas combate o preconceito na Austrália 

O debate sobre a floresta Daintree ocorre há pelo menos quatro anos entre os representantes políticos australianos. A região é um dos principais alvos de especulação do turismo da Austrália e, por isso, uma longa batalha foi travada dentro do parlamento, até que os conservadores cederam.

Um acordo foi feito e, agora, o governo de Queensland irá gerir diversos parques nacionais junto dos indígenas, que dão, como contrapartida, a autorização para o turismo na região.

“Esse acordo reconhece que os povos indígenas têm o direito de administrar e ser donos de sua própria terra. Eles devem ter o poder de preservar sua cultura e compartilhá-la com visitantes. Eles se tornarão líderes na indústria do turismo”, disse a Ministra do Meio Ambiente, Meaghan Scanlon.

– Crânio de 7 mil anos achado na Indonésia pertence a jovem de sociedade perdida 

“Hoje, o governo devolve mais de 3,8 milhões de hectares de terra para seus Donos Tradicionais no Cabo York, com 2,3 milhões de hectares que serão geridos em uma parceria entre o governo e a comunidade. Agora, existem 32 terras aborígenes geridas em parceria com o governo australiano somente na Península do Cabo York”, completou Scanlon.

Publicidade

Fotos: Creative Commons


Yuri Ferreira
Jornalista formado na Escola de Jornalismo da Énois. Já publicou em veículos como The Guardian, UOL, The Intercept, VICE, Carta e hoje escreve aqui no Hypeness.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.