Ciência

‘Camarão dinossauro’ de três olhos aparece após forte chuva no Arizona

Redação Hypeness - 14/10/2021

Depois de chuvas torrenciais que ocorreram no norte do estado do Arizona, nos EUA, no fim de agosto, um animal acabou surgindo nos campos do Parque Nacional de Wupatki. Trata-se de um “camarão dinossauro” chamado Triops conhecido por ter três olhos.

– Camarão mantis: o animal com o soco mais potente da natureza capaz de destruir aquários 

Camarão dinossauro surgiu no meio do deserto do Arizona; cientistas não sabem se o artrópode voltará a aparecer na região

Segundo a Universidade Central de Michigan, o que acontece é que esses animais colocam ovos muito resistentes no meio do deserto. Com a água, os ovos se hidratam e nascem anos e até décadas depois que foram postos.

– Animal invertebrado é ‘ressuscitado’ após 24 mil anos de congelamento 

Os camarões são artrópodes, ou seja, são muito parecidos com insetos normais (e como se sabe, por exemplo, mosquitos também tem essa capacidade).

‘Triop’ é uma palavra grega que significa ‘três olhos’, dando assim o nome do gênero, considerado uma espécie de ‘camarão dinossauro’ por conta de sua similitude com suas formas fósseis. Segundo os pesquisadores, o animal mudou muito pouco em comparação com seus fósseis.

Segundo os pesquisadores, os registros fósseis de espécies de Triops têm entre 152 e 233 milhões de anos de idade e o animal surgiu no antigo continente de Gondwana. Entretanto, muitos chamam erroneamente o animal de ‘fóssil vivo’.

– Divirta-se com as eleitas fotografias mais engraçadas do mundo animal 

“Não gosto do termo ‘fóssil vivo’ porque causa uma má-interpretação, como se esses camarões não tivessem mudado nada em 200 milhões de anos. Mas eles se transformaram e evoluíram. Só que a sua carapaça externa é bem parecida com aquela de milhões de anos atrás”, explicou Lauren Carter, uma pesquisadora que trabalha no  Parque de Wupatki.

Confira um vídeo do “Camarão dinossauro”:

Os triops vivem por cerca de 90 dias, mas o lago em que eles nasceram durou apenas por 4 semanas. Agora, os pesquisadores aguardam novas chuvas para entender se a espécie conseguiu se reproduzir ou se o tempo não foi suficiente para que os camarões perdurassem no deserto do Arizona.

Publicidade


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.