Inspiração

CEO presenteia funcionários com R$ 55 mil e duas passagens de 1ª classe para qualquer lugar no mundo

Redação Hypeness - 26/10/2021

Sara Blakey, CEO e fundadora da Spanx, uma das principais marcas de roupas íntimas dos Estados Unidos, distribuiu passagens de primeira classe e milhares de dólares em dinheiro para os mais de 500 funcionárias da empresa após um importante contrato.

Uma parcela da sociedade da Spanx foi comprada pela Blackstone, um fundo de capital de risco que investe e em empresas que estão crescendo. Blakey, que comanda a empresa há 20 anos, decidiu direcionar uma parcela dos mais de US$ 1,2 bilhão que recebeu pelo negócio e distribuir para seus funcionários.

– Como o seu trabalho pode te ajudar a ter uma vida mais saudável

Reação das funcionárias quando ouviram a notícia dos presentes. Assista no vídeo abaixo.

Em uma festa na sede da empresa, Blakey anunciou que iria compartilhar a vitória da empresa junto de seus colaboradores. Mais de 500 funcionários foram agraciados com passagens de primeira classe para qualquer lugar do planeta e mais US$ 10 mil (ou R$ 55 mil, na cotação atual) para compras no geral. Teve gente planejando viagem para Bora Bora, África do Sul e um monte de outros lugares.

– Esta é a 1ª empresa do Brasil a reduzir a semana de trabalho 

Eu comprei para cada um de vocês duas passagens de primeira classe para qualquer lugar do mundo. Se você fizer uma viagem, pode querer sair para um jantar muito bom, pode querer ir para um hotel realmente bom, e assim, com as duas passagens de primeira classe de todos para qualquer lugar do mundo, cada um de vocês estará recebendo 10 mil dólares“, disse a CEO após anunciar a venda da empresa.

A CEO da Spanx distribui milhões de dólares em prêmios para funcionárias após negócio bilionário envolvendo a empresa

Confira a reação dos funcionários com o anúncio:


Blakey agora faz parte de uma rara parcela de mulheres empreendedoras que recebem investimentos de capital de risco. Segundo a Harvard Business School, metade dos empreendedores nos EUA são mulheres, mas elas recebem apenas 2,3% dos investimentos e aportes destinados a novos negócios, o que cria um cenário desigual na economia do país.

– CEO corta 90% de seu salário para dar aumento aos funcionários e empresa prospera 

A CEO da Spanx celebrou e acredita que o negócio deve servir para incentivar a prática nos EUA “Estar aqui hoje, e [para] pensar sobre o que fomos capazes de criar e o que fomos capazes de fazer sendo autênticos e gentis e entregando produtos incríveis para mulheres usar seus princípios muito femininos em um espaço muito masculino que é o de negócios, conduzindo com intuição, vulnerabilidade… isso marca um momento para mulheres empresárias“, afirmou no Instagram.

Publicidade

Foto: Divulgação


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.