Debate

Homem morre esmagado por brinquedo em parque de diversões em Itu; outros ficaram feridos

Vitor Paiva - 29/10/2021 | Atualizada em - 30/10/2021

Um acidente em um parque de diversões na cidade de Itu, no interior de São Paulo, feriu 5 pessoas e matou um homem na noite de quinta-feira, 28 de outubro. O incidente aconteceu em uma atração chamado “Superman” por volta das 23h, quando a grade de segurança do brinquedo teria se soltado durante o funcionamento, provocando a queda das vítimas, entre elas William Ribeiro, de 29 anos, que, segundo relatos, foi prensado pela estrutura do brinquedo e, apesar de ter sido socorrido, não sobreviveu.

William Ribeiro

William enviou uma foto aos amigos do parque momentos antes do acidente © Arquivo pessoal

-Autopsia explica morte de mulher durante passeio em montanha-russa

As informações são da Secretaria de Segurança Pública de São Paulo (SSP-SP), que confirmou que os feridos foram atendidos no local e transferidos para unidades de saúde da região. O responsável pelo parque afirmou, em entrevista à imprensa local, que o acidente não teria ocorrido por falha no brinquedo, mas sim porque William teria se levantado com a atração em funcionamento. “Ele sentou e, depois, quando o equipamento rodou novamente, ele ficou em pé, caiu no chão. Aí o equipamento freou rapidamente, mas não foi o suficiente para poder parar e ‘catou’ ele”, disse o responsável, que não foi identificado pela emissora, mas que garantiu que oferecerá suporte à família.

Superman, brinquedo em Itu onde acidente ocorreu

O brinquedo onde o acidente ocorreu © TV Tem/Reprodução

-Beto Carrero: menino que caiu de gorila está em estado grave; família fez vaquinha para ir ao parque

O irmão da vítima, Gabriel Ribeiro, de 21 anos, estava no local quando o acidente ocorreu, e tentou socorrer William quando percebeu o que havia ocorrido. “Não imaginava que era meu irmão, meu amigo falou que era. Sei lá quem abriu a grade. Na hora que desceu o brinquedo, a gente foi tentando salvar, porque ele já tinha caído na engrenagem”, disse o jovem. Gabriel também afirmou que o brinquedo não foi desligado corretamente quando a fatalidade se deu, e que o brinquedo “deu mais uma volta” após o acidente. O brinquedo “Superman” faz movimentos no ar com as pessoas sentadas e atadas às suas cadeiras.

Superman, brinquedo em Itu

Houve correria e pânico no momento do acidente © Youtube/Reprodução

-Carro despenca de penhasco com passageiro enquanto família observa paisagem; veja vídeo

Gabriel também se feriu, sofrendo uma fratura na clavícula, mas já recebeu alta. Segundo a Prefeitura de Itu, o parque, que funciona de forma itinerante, viajando por várias cidades, havia recebido o alvará de funcionamento ontem, quando a abertura teria ocorrido, mas testemunhas garantem que o local já vinha funcionando há vários dias. O parque já foi fechado e, de acordo com nota da prefeitura, já está sendo desmontado. A investigação trabalha inicialmente com homicídio culposo e lesão corporal culposa, quando não há intenção de matar ou ferir.

William Ribeiro

William chegou a ser socorrido mas não sobreviveu ao acidente © Arquivo Pessoal

Em nota, a diretoria lamentou o ocorrido:

Nota

Lamentamos profundamente o acidente ocorrido nesta quinta-feira, dia 28 de outubro, nas dependências do nosso parque de diversões, instalado no município de Itu, em São Paulo.

Nossa equipe interna atendeu prontamente os feridos, e imediatamente o Samu foi acionado. Todas as vítimas foram encaminhadas aos hospitais próximos, e, infelizmente, uma delas veio a falecer. Reiteramos que estamos prestando toda a assistência à família da vítima, assim como fornecendo todas as informações necessárias às autoridades competentes.

A diretoria do empreendimento ratifica sua preocupação e zelo com a segurança e informa que o parque possui o alvará de funcionamento. Todas as atrações, bem como o brinquedo Superman, onde aconteceu o acidente e que estava com a trava fechada, seguem as normas aplicáveis, e nossos profissionais são especializados e treinados para o pronto atendimento aos seus visitantes.

Informamos que o parque aguardará a apuração dos fatos e o laudo da perícia e seguirá prestando todo o auxílio necessário à família da vítima, reforçando seu compromisso com a verdade.

Direção

SuperPark

Publicidade

© fotos: créditos


Vitor Paiva
Escritor, jornalista e músico, Vitor Paiva é doutor em Literatura, Cultura e Contemporaneidade pela PUC-Rio. Autor dos livros Tudo Que Não é Cavalo, Boca Aberta, Só o Sol Sabe Sair de Cena e Dólar e outros amores, publica artigos, ensaios e reportagens.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.