Inspiração

Paulistana mãe de oito e à espera de gêmeos faz sucesso com perfil nas redes

Vitor Paiva - 29/10/2021

São diversos os motivos para o sucesso do perfil da paulistana Mariana Arasaki no Instagram: mais precisamente, são dez os motivos. Intitulado “Coração de Mami” e com 76,5 mil seguidores, o perfil relata os desafios e maravilhas da maternidade pelo registro de Mariana, que não só é mãe de 8 filhos e como está grávida de gêmeos – sim, em breve ela será mãe de 10 crianças. Aos 36 anos e casada há uma década com Carlos Arasaki, não é surpreendente descobrir que seu sonho sempre foi ser mãe em uma grande família, e quando, há 9 anos, veio a filha mais velha, Maria Philomena, ela abandonou a faculdade de direito para se dedicar ao que se tornaria uma atividade em tempo realmente integral.

A família Arasaki

A família completa: Mariana, Carlos e as 10 crianças

-Mulher de 25 anos dá à luz nove filhos

A chegada de 10 filhos em 10 anos não permite maiores intervalos, e por isso, desde Philomena, as crianças estabeleceram uma escadinha de idade quase perfeita, com Martin, de 8 anos. Maria Clara, de 7, Maria Sophia, 6, Bernardo, de 4 anos, Margarida Maria, de 3 anos, Maria Madalena, de 2, e Stella Maria, de apenas 10 meses. A notícia da gravidez atual veio primeiro como um susto, quando Mariana percebeu um forte sangramento: o exame, no entanto, revelou que duas novas crianças estavam a caminho. A maioria feminina permanecerá, mas a chegada dos gêmeos João Pio e Josemaria deixará a conta em 6 meninas e 4 meninos ao todo – ou, ao menos, por enquanto, pois ela garante que, se assim se der, a conta não necessariamente fechará em uma dezena.

A família Arasaki

Todos os 8 filhos nasceram de parto normal nos últimos 9 anos

A família Arasaki

A perfeita escadinha da família Arasaki – em vias de crescer

-Argentina reconhece cuidado materno como trabalho e passa a contar tempo para apostentadoria

Os comentários nas redes são de espanto, mas principalmente de encantamento e afeto. “Sai da maternidade e as enfermeiras já falam: Até ano que vem, Mari!”, escreveu uma seguidora. “E para ir ao restaurante?”, perguntou outra. Segundo Mariana, as crianças têm disputas naturais, mas adoram estar juntas, brincar e interagir. “Cada mãe sabe a sua missão e quanto o seu filho dilata o seu coração e preenche sua vida de alegria, mesmo com todo trabalho que um filho dá”, afirmou a mãe, que conta com a parceria do marido e também com funcionárias para a criação e o trabalho diário.

A família Arasaki

Bagunça e carinho são os modos de vida da família

-A polêmica história da mulher que pariu 69 filhos e os debates em torno dela

Enquanto se desdobram para oferecer a devida atenção às crianças em literalmente todas as idades – entre, afinal, um bebê de colo e filhos no ensino fundamental – os preparativos vão sendo finalizados para a chegada dos gêmeos, que ocorrerá em março: até aqui, todos nasceram de parto normal. “Posso afirmar que na chegada de cada filho o amor é multiplicado e o trabalho nunca é ‘vezes 2’ e sim dividido. É uma matemática impressionante, porém real”, escreveu Mariana, em um post. “Eu acredito que cada família tem uma missão, que não existe um número ideal de filhos. Cada família tem um chamado, para alguns será 1, outros 2 ou até 3, e para outros o chamado é a adoção. Todos são únicos e maravilhosos”, concluiu.

A família Arasaki

A chegada dos gêmeos está programada para março do ano que vem

Publicidade

© fotos: Instagram/reprodução


Vitor Paiva
Escritor, jornalista e músico, Vitor Paiva é doutor em Literatura, Cultura e Contemporaneidade pela PUC-Rio. Autor dos livros Tudo Que Não é Cavalo, Boca Aberta, Só o Sol Sabe Sair de Cena e Dólar e outros amores, publica artigos, ensaios e reportagens.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.