Debate

‘Se você é negro, não adianta ser honesto’, diz Spartakus, da MTV, após abordagem racista da PM de São Paulo

Redação Hypeness - 05/10/2021

O apresentador da MTV e youtuber Spartakus Santiago sofreu com uma abordagem da Polícia Militar de São Paulo no bairro de Santana, na Zona Norte de São Paulo, onde mora. O criador de conteúdo, que é negro, ressaltou que nem sequer sua posição social é suficiente para superar o racismo.

Youtuber negro foi abordado por “atitude suspeita”: ele estava mexendo no celular na rua

Segundo Santiago, a PM o abordou porque ele estava há 10 minutos parado no mesmo local usando o celular. Quando os policiais começaram a fazer a revista, Spartakus iniciou sua live. Ele afirmou que era um profissional da comunicação e um influenciador e que não tinha passagens.

– ‘Cara de ladrão’: Fabio Turci cita colega da Globo em desabafo sobre racismo de PM contra trabalhador 

Ele entregou seu RG para os policiais, que não o liberaram. Os fardados foram conferir o RG de Santiago na base, mas, como ele é baiano, não encontraram nada. Depois de dez minutos, os policiais o liberaram por pedido de um superior. No fim do vídeo ao vivo, é possível ver Spartakus chorando depois da abordagem.

“Hoje, dia 4 de outubro de 2021, saí pra caminhar apenas com meu celular e meu fone de ouvido no bairro que moro, em Santana – SP. Parei por 10 minutos pra mexer no celular em um viaduto e quando vi, dois PMs se aproximaram apontando revólveres pra mim e mandando eu colocar minhas mãos na cabeça como se eu fosse um criminoso. Ambos me detiveram por “atitude suspeita”. UÉ? O que há de suspeito em ser negro e ficar parado em algum lugar? Será que um branco loiro com cara de gringo também seria tratado dessa forma?”, questionou o apresentador.

“Se você é negro, não adianta ser honesto, trabalhador, se você tem a cor de quem é marginalizado você vai ser tratado como tal! Pode virar publicitário, youtuber, apresentador da @MTVBrasil, O QUE FOR. Não adianta! NUNCA SEREMOS RESPEITADOS. Eu tô muito abalado e não tô conseguindo nem escrever esse texto direito. Ver dois policiais apontando o revólver pra você é ver sua morte de perto. Só agradeço a deus e aos orixás por estar vivo, porque outros jovens negros não terão a mesma sorte que eu”, desabafou nas redes sociais.

– Racismo: PM diz que abordou jovem por ele ter ‘cara de ladrão’. ‘Vai ser enquadrado 10 vezes’

A PM nega que a abordagem tenha sido motivada por racismo e alega que o procedimento foi legal. “A Polícia Militar esclarece que a abordagem ocorreu conforme os protocolos vigentes na Instituição. O influencer Spartakus Santiago em nenhum momento foi ofendido ou agredido pelos policiais militares”, disse a força policial.

Publicidade

Fotos: Reprodução/Instagram


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.