Debate

Urso de circo ataca treinadora grávida e reforça debate sobre animais em shows; veja vídeo

Redação Hypeness - 18/10/2021

O ano é 2021, mas ainda temos que ver cenas como essa: durante uma apresentação de circo na cidade russa de Oriol, um urso marrom atacou sua treinadora, que estava grávida, e outros dois homens na frente da plateia. As cenas bizarras de violência e revolta do animal silvestre acabaram viralizando nas redes sociais e levantaram o debate sobre a presença de animais em circos em pleno século XXI.

– Ursa resgatada de circo no Piauí recupera peso, pelos e a felicidade em santuário

Ninguém ficou gravemente ferido, mas as cenas são assustadoras. Veja um vídeo:

Após o ataque, a mulher atacada foi levada a um hospital em Oriol, que fica a 365 quilômetros ao sul de Moscou.

– Circo alemão troca animais de verdade por hologramas em 3D

“Creio que o urso sentiu algum tipo de ciúme porque estou grávida, mas não é certo. Eu somente tive alguns arranhões e um hematoma na perna”, disse a treinadora ao tabloide britânico Daily Mail. “Eu irei, é claro, conversar sobre o incidente com outros colegas que tem mais experiência. Quanto ao meu bebê, tudo está certo. O urso também está bem e, no momento, ele têm se comportado normalmente comigo, da forma que sempre foi comum, como se nada tivesse acontecido”, concluiu.

O incidente levou a manifestações de ativistas pelos direitos dos animais. “Não existem condições adequadas para os animais em nenhum circo por uma singela razão: o treino é sempre carregado de crueldade”, explicou Irina Novozhilova, chefe da organização de direitos dos animais Vita. “Todos os circos com animais deveriam ser banidos”, concluiu.

– Zebras fogem de circo e uma delas é abatida com tiro; de quem é a culpa?

Autoridades da Rússia afirmaram que irão investigar as condições dos animais no circo em específico e querem conversar com outras testemunhas que presenciaram a cena.

Atualmente, existem 42 países no mundo que proíbem animais em apresentações circenses e metade deles estão na União Europeia. Entretanto, outras nações como Bolívia e Equador também tem legislações similares. No Brasil, um projeto de lei tramita desde 2009 para tentar acabar com esse tipo de crueldade animal para entretenimento e o estado de Santa Catarina já proíbe a prática.

Publicidade

Fotos: Reprodução/Twitter


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.