Sustentabilidade

4 mitos negacionistas da emergência climática que não fazem o menor sentido

Redação Hypeness - 17/11/2021 | Atualizada em - 19/11/2021

O clima na Terra mudou e medidas contundentes para controlar a temperatura no planeta precisam ser tomadas para anteontem. As ações exigidas aos governos e à sociedade civil são urgentes porque a crise que vivemos é irreversível, mas ainda há algo que se possa fazer. No entanto, é preciso que se aja de forma rápida e drástica. 

– ONU aponta agravamento inédito da crise climática; Brasil vive pior seca da história e Bolsonaro quer zerar imposto do diesel

Na contramão dos alertas emitidos por cientistas e órgãos climáticos internacionais, os negacionistas insistem em dizer que as mudanças climáticas não são um problema como dizem por aí. Eles acreditam que as transformações ambientas na Terra não são tão problemáticas assim e que, na verdade, todos os alertas se tratam de uma movimentação política específica para manipular a sociedade. 

Veja abaixo 4 argumentos usados por negacionistas para refutar as mudanças climáticas e o colapso ambiental:

1) O clima na Terra sempre mudou, vide as Eras do Gelo 

Dizer que a Terra sempre teve período de muito frio, como nas Eras do Gelo não está errado. Assim como não está errado dizer que, em outros momentos, o planeta se aqueceu. Esses ciclos de fato fazem parte da história do planeta. No entanto, a velocidade com que a temperatura tem subido na última meia década é muito maior do que qualquer aumento de temperatura observado em períodos de 50 anos nos últimos dois mil anos. A informação vem do Painel Intergovernamental sobre Mudanças Climáticas (IPCC, na sigla em inglês) da Organização das Nações Unidas (ONU).

2) As mudanças climáticas foram inventadas por governos e pela ONU

Seria incrível poder dizer que esse argumento é correto. Ser manipulado por um complô governamental amplo que envolvesse dezenas de países, a ONU e cientistas importantes seria melhor para o planeta — e para a sociedade como um todo — do que de fato viver as transformações provocadas pelas mudanças climáticas. 

Mas a realidade é outra. 

O colapso climático bate às portas e é preciso fazer algo enquanto ainda há esperança. Imagine o esforço coletivo que seria necessário para tantos governos alinharem expectativas para enganar a sociedade civil?

Estudos científicos aos montes mostram o quão rápido a Terra tem se transformado nesse sentido de forma sem precedentes. Pesquisas acadêmicas são revistas e revisadas por centenas de cientistas antes de serem adotadas por um órgão como a ONU, por exemplo. Não é como se três pessoas se juntassem e decidissem escrever um documento em que dizem ao mundo que o aquecimento global é real. São milhares de especialistas de todas as partes do planeta que fazem esse alerta. 

– Países insulares imploram por ações contra mudanças climáticas: ‘Nosso futuro está em jogo’

3) Poucos graus a mais não são um problema enorme

Todo mundo já viveu um verão um pouco mais quente ou um inverno um pouco mais frio, não é mesmo? Nenhum problema maior aconteceu. Há anos em que o verão é mais forte ou o inverno é mais rigoroso e tudo bem. 

Não. A lógica não é essa. Imaginar que as mudanças climáticas vão apenas aumentar ou diminuir um pouco as temperaturas não é certo. A alteração de poucos graus na Sibéria, por exemplo, ocasiona o derretimento de uma camada de gelo conhecida como permafrost. Se a temperatura do planeta subir “minimamente”, com apenas poucos graus, isso já permitiria o derretimento dessa camada, que absorve gases do efeito estufa prontos para serem jogados na atmosfera caso ela seja derretida. 

– ‘Não escolham a extinção’: dinossauro alerta sobre emergência climática em campanha da ONU

4) A atividade humana não tem nada a ver com isso

Se você já repetiu essa frase para alguém, ainda há tempo de se informar. O IPCC afirma, com veemência, que não há dúvida de que a ação humana foi fundamental para chegarmos aonde chegamos. Mais de 99% de artigos acadêmicos que falam sobre mudanças climáticas publicados desde 2012 concordam que as mudanças climáticas são uma consequência da ação humana. 

 

Publicidade

Fotos: Getty Images


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.