Ciência

Algo estranho está acontecendo no centro da Via Láctea, dizem cientistas chineses

30 • 11 • 2021 às 10:10
Atualizada em 07 • 12 • 2021 às 19:35
Redação Hypeness
Redação Hypeness Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Pesquisadores da Academia Chinesa de Ciências publicaram um estudo na revista Nature Communications afirmando que existe um sistema misterioso ou uma presença estranha no centro da Via Láctea que não havia sido percebido antes pela astronomia.

– Buraco negro com características inéditas surpreende astrônomos

A “presença estranha” foi encontrada Zona Molecular Central (CMZ), que circunda o centro da Via Láctea. Por algum motivo, esse sistema misterioso impede a chegada de partículas de energia oriundas de raios cósmicos que viajam na velocidade da luz em direção ao centro gravitacional da galáxia. A pesquisa foi assinada pelos astrofísicos Xiaoyuan Huang, Qiang Yuan e Yi-Zhong Fan.

Segundo pesquisadores, a principal hipótese é que o buraco negro Sagittarius A, no centro da galáxia, esteja influenciando outras regiões da Via Láctea

Os raios cósmicos são formados de prótons e nêutrons e são emitidos por estrelas que explodem (supernovas) e buracos-negros. Eles passam, por exemplo, pelo nosso sistema solar, mas não conseguem passar da região específica da Zona Molecular Central.

– Ciência analisa corrente formada por quase 500 estrelas que teriam nascido juntas e se movem na mesma direção na Via Láctea

Os cientistas observaram o Telescópio de Grande Área Fermi, operado pela Nasa, a agência espacial dos Estados Unidos. Eles perceberam que as partículas não passavam da região, que é repleta densas nuvens moleculares.

“Vários mecanismos podem impedir a penetração dos raios cósmicos nas nuvens moleculares, como o efeito da compressão do campo magnético”, disseram os pesquisadores no artigo.

– Terra está mais próxima de buraco negro da Via Láctea do que se pensava. O que isso significa?

A principal hipótese se centra na influência de Sagittarius A, o supermassivo buraco negro que fica posicionado no meio da nossa galáxia. Entretanto, os pesquisadores não descartam a possibilidade de outras influências, como a própria existência de uma supernova nas proximidades da ZMC.

Publicidade

Canais Especiais Hypeness