Ciência

Entenda caso raríssimo do bebê brasileiro que nasceu com rabo de 12 centímetros

Redação Hypeness - 09/11/2021

Médicos brasileiros do Hospital Infantil Alberto Sabin, em Fortaleza (CE), publicaram um estudo na revista Journal of Pediatric Surgery Case Reports relatando a história de um bebê que nasceu com um rabo de 12 centímetros que possuía uma bola de quatro centímetros na extremidade. Os médicos fizeram uma cirurgia para retirar esse apêndice do corpo da criança, que é completamente saudável.

– Veterinários dizem que rabo na testa de cãozinho não precisa ser removido

verdadeiro rabo humano

Rabo foi retirado cirurgicamente por médicos do hospital em Fortaleza (CE)

De acordo com o estudo publicado no jornal britânico, o bebê nasceu de 35 semanas (ou seja, era prematuro) e veio com esse rabo acoplado à nádega esquerda. A principal preocupação dos médicos era que o rabo influenciasse de alguma forma a saúde neurológica da criança. Apêndices desse tipo podem indicar algum tipo de má-formação, mas não foi detectado pelos pesquisadores.

– Bebê nasce empelicado em SP em situação que ocorre em 1 a cada 80 mil partos

“A investigação de algum envolvimento do rabo com o desenvolvimento neurológico foi executada, mas não se chegou a nenhuma conexão evidenciada através de exames de ultrassom. O paciente não apresentou nenhuma alteração sistêmica além do apêndice cutâneo e, portanto, fizemos uma cirurgia, que foi realizada sem qualquer complicação”, afirmaram os médicos no artigo.

Todos os bebês possuem um tipo de cauda embrionária no útero no começo da gestação, mas ela é reabsorvida e deixa de existir. Entretanto, os cientistas suspeitam que a cauda desse bebê continuou crescendo ao invés de recrudescer.

Cientistas suspeitam que a cauda desse bebê continuou crescendo ao invés de recrudescer.

– Fotógrafa brasileira vence prêmio nos EUA por retrato de bebê empelicado

“Um relatório antomopatológico [que consiste na observação macro e microscópica do tecido] revelou que a estrutura era coberta de pele, e, no seu interior, possuia tecido adiposo, muscular e tecido conjuntive nervoso, além de passagens vasculares, bem como a ausência de ossos ou cartilagens, o que qualifica esse apêndice como um verdadeiro rabo humano”, completou o documento.

Segundo os pesquisadores, a incidência desse tipo de rabo é raríssima: apenas 40 casos desse tipo foram registrados na história da medicina.

Publicidade

Fotos: Reprodução/Journal of Pediatric Surgery Case Reports


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.