Debate

Marilyn Manson acusado de torturar e prender mulheres em cela de vidro; entenda

Vitor Paiva - 18/11/2021

Uma reportagem da revista Rolling Stone nos EUA trouxe novos e terríveis detalhes das acusações contra o cantor Marilyn Manson. Atualmente alvo de uma série de processos e investigações por abuso sexual, agressões físicas e psicológicas, o artista, cujo nome verdadeiro é Brian Warner, foi acusado de prender mulheres em uma cabine de vidro à prova de som em seu apartamento, em Los Angeles. Segundo relatos, o local foi batizado pelo próprio Manson como o “quarto das meninas más”, e era utilizado para punir e enclausurar quem fizesse algo que o contrariasse ou desagradasse.

Marilyn Mason em Londres, em 2016

Marilyn Manson em Londres, em 2016

-R. Kelly: como o cantor de R&B criou um esquema de tráfico sexual que pode deixá-lo o resto da vida preso

Intitulada “Marylin Manson: The Monster Hiding in Plain Sight” (O monstro Escondido à vista de todos, em tradução livre) a reportagem se baseou nos documentos da justiça e em 55 novas entrevistas. Entre as entrevistadas estão algumas das mais de dez mulheres que denunciaram Manson – como Ashley Morgan Smithline, ex-namorada, que descreveu a cabine de vidro como um espaço do tamanho de um trocador de roupas, onde era impossível que alguém ouvisse eventuais gritos. “Ninguém podia me ouvir. Você lutava e ele gostava dessa reação. Aprendi a não lutar, porque isso dava a ele o que ele queria”, afirmou.

Esmé Bianco

A atriz Esmé Bianco, que está entre as mulheres processando o cantor

-Chris Brown é investigado por agressão; tapa na nuca de mulher teria arrancado aplique, diz site

Segundo a modelo Sarah McNeilly, também ex-namorada do músico, além da experiência “absolutamente assustadora” de ser presa na caixa de vidro, ela também foi ameaçada com um taco de beisebol. “Ele tem um jeito de entrar em nosso cérebro”, afirmou McNelly. “Eu não contei para muita gente antes o que aconteceu comigo, pois muita gente viu e não se importou”. A atriz Esmé Bianco, que interpretou a personagem Ros em Game of Thrones, elencou os abusos cometidos por Manson contra ela, incluindo privá-la de sono e comida, mordidas, cortes, eletrocussões e estupro – segundo a atriz, o momento mais extremo se deu quando foi perseguida com um machado, com o qual o cantor arrebentou as paredes do local.

A atriz Evan Rachel Wood testemunhando durante uma audição no congresso sobre abuso sexual em 2018

A atriz Evan Rachel Wood, testemunhando diante do congresso em audiência sobre abuso sexual, em 2018

-Ator de ‘Animais Fantásticos’ é condenado a prisão por assédio sexual

A atriz Evan Rachel Wood, da série Westworld, a cantora Ellie Roswell e a atriz Bianca Allaine – que se envolveu com Manson quando tinha 16 anos – também o estão processando. “Cansei de viver com medo de retaliação, calúnia ou chantagem. Estou aqui para expor este homem perigoso, e as muitas indústrias que o possibilitaram, antes que ele destrua mais vidas”, afirmou Wood, através de um post em suas redes sociais. Em resposta, Marilyn Manson nega as acusações, afirmando que os relatos são “horríveis distorções da realidade”, e que seus relacionamentos íntimos sempre foram “inteiramente consensuais”. A reportagem da Rolling Stone pode ser lida, em inglês, aqui.

Manson durante um show, em 2015

Manson durante um show, em 2015; o artista negou as acusações

Publicidade

© fotos 1, 3: Getty Images

© foto 2: Instagram/reprodução

© foto 4: Wikimedia Commons


Vitor Paiva
Escritor, jornalista e músico, Vitor Paiva é doutor em Literatura, Cultura e Contemporaneidade pela PUC-Rio. Autor dos livros Tudo Que Não é Cavalo, Boca Aberta, Só o Sol Sabe Sair de Cena e Dólar e outros amores, publica artigos, ensaios e reportagens.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.