Arte

SIM SP, Lote, Boogie Week e Novas Frequências ocupam a programação da semana

30 • 11 • 2021 às 12:51
Atualizada em 02 • 12 • 2021 às 10:00
Gabriela Rassy
Gabriela Rassy   Redatora Jornalista enraizada na cultura, caçadora de tendências, arte e conexões no Brasil e no mundo. Especializada em jornalismo cultural, já passou pela Revista Bravo! e pelo Itaú Cultural até chegar ao Catraca Livre, onde foi responsável pelo conteúdo em agenda cultural de mais de 8 capitais brasileiras por 6 anos. Roteirizou vídeo cases para Rock In Rio Academy, HSM e Quero Passagem, neste último atuando ainda como produtora e apresentadora em guias turísticos. Há quase 3 anos dá luz às tendências e narrativas culturais feministas e rompedoras de fronteiras no Hypeness. Trabalha em formatos multimídia fazendo cobertura de festivais, como SXSW, Parada do Orgulho LGBT de SP, Rock In Rio e LoollaPalooza, além de produzir roteiros, reportagens e vídeos.

A Agenda Hype da semana chega chegando com as melhores dicas culturais para a sua semana. Indo de norte a sul, os eventos de dividem em experiências presenciais e online, ainda entendendo como sair do caos pandêmico e poder curtir o mundo lá fora de novo.

Nesta semana começam diversos eventos que atacam em formatos híbridos. A 11ª edição do Festival Novas Frequências acontece no Rio de Janeiro com ocupação na Ilha de Paquetá, instalação na praia do Arpoador, cortejo no Aterro do Flamengo, além de exposições e performances online. Já a SIM SP volta em uma edição light, com lives, além dos eventos em casas noturnas da cidade.

Com programação 100% feminina, os festivais MANA, de Belém, e o Juntas, reunem papos e shows com as maravilhosas Dona Onete, Tulipa Ruiz, Marina Sena, MC Tha, entre outras. Já na Boogie Week, vozes negras são amplificadas em uma programação finíssima e online com Leci Brandão, Rico Dalasam, Mc Dricka, Anelis Assumpção, Magá Moura e mais.

Vale ainda conhecer o novo espaço de cultura de São Paulo, o Lote, que tem programação online e presencial, começando com shows de Hermeto Pascoal, Luedji Luna e Zudzilla, além de discotecagens, gastronomia e bons drinks.

Vem na minha e dá o play nos lançamentos musicais de novembro!

#festivais

11º Festival Novas Frequências
29 de novembro a 5 de dezembro
Grátis e híbrido
Festival de música expandida e arte sonora carioca – considerado o mais relevante da América do Sul – ocupa espaços no Rio de Janeiro com apresentações presenciais e inaugura exposição virtual. Projeto terá exposição digital com 20 obras em galeria imersiva. Com direção de arte e programação 3D imersiva realizada por Felipe Nunes, a exposição conta com trabalhos de Aun Helden & QEEI; APT.LAB; biarritzzz & Glor1a; Chama (Ana Lira convida Aishá Lourenço e Elton Panamby); Coletivo Turmalina; Deafbrick, Duma, Simon Grab, Genesys; Felipe Vaz; Inés Terra; Marabu, Levi Keniata, Beré Magalhães; Marcioz; Marcus Maeder; Novíssimo Edgar, entre outros. Ao mesmo tempo, o festival se estende pela cidade em atividades presenciais. Entre os destaques estão uma ocupação de um dia inteiro na Ilha de Paquetá, uma instalação na praia do Arpoador, um cortejo coletivo e público no Aterro do Flamengo, performances na Biblioteca Parque e a instalação sonora Museu de História Natural da Amazônia no Centro Cultural Oi Futuro, avançando ainda mais em busca da diminuição das fronteiras entre a música e a arte.

SIM São Paulo
1 a 5 de dezembro
Grátis (online) / eventos noturnos gratuitos para credenciados e pagos de acordo com cada casa
Batizada como “The Light Edition”, a nona edição da SIM – Semana Internacional de Música de São Paulo terá programação compacta e 100% focada em (re)conexões e (re)encontros. Neste ano, a SIM não realizará seus showcases oficiais, mas a feira apresenta um lineup imperdível de novas propostas artística. Serão escolhidos 15 novíssimos e promissores nomes da música brasileira que se apresentarão entre 02 e 04 de dezembro, às 19h, em formato online pela plataforma de lives Taboom! A programação artística colaborativa acontece de duas formas: as noites, em algumas casas de shows que voltaram a funcionar (acesso livre para quem tem a credencial), e na home do portal da SIM no final de semana dos dias 4 e 5.

Lote
Padre João Gonçalves, nº 80 – Pinheiros – São Paulo
Quinta e sexta online; sábado e domingo presencial, das 15h às 21h
Grátis – nome na lista –  cadastrado pelo site (sujeita à lotação)
Uma nova experiência em arte e cultura acaba de chegar ao Beco do Nego – antigo Beco do Aprendiz -, no coração da Vila Madalena. O espaço cultural abriga o novo estúdio da rádio online “Na Manteiga”, que é a responsável pela programação musical, em um formato híbrido. Aos sábados e domingos, rolam shows ao vivo e transmissão de entrevistas com os artistas que se apresentam no local. Entre as primeiras atrações confirmadas para o LOTE estão: Luedji Luna, Zudizilla (4/12), Hermeto Pascoal (5/12), discotecagem do DJ Tudo, Gop Tun (11/12), coletivo de reggae music Feminine Hi Fi (12/11), Dj Tahira (18/12) e o selo Balaclava (19/12).

3º Festival MANA
Até 2 de dezembro
Online e no Teatro do Sesi, em Belém
Em formato híbrido, com programação online e presencial, de 26 novembro a 2 de dezembro, a 3ª edição do projeto chega com novidades, experiências imersivas que levam o público ao interior da Amazônia para ouvir o batuque das mestras do carimbó, e percorre estradas até os quilombos do Amapá, que ecoa o tambor da origem afro-índigena do Norte. São mais de 50 mulheres de diversas regiões do país no evento que ainda traz shows, painéis de debate, oficinas, mostra audiovisual, grafite e projeções mapeadas nos centros urbanos do Brasil. Nos destaques, encontro da amapaense Patrícia Bastos com a baiana Luedji Luna, apresenta experiência imersiva dentro da floresta com o primeiro grupo de carimbó de mulheres do mundo, o show de retorno de Dona Onete em Belém, e bate-papo com Fafá de Belém, homenageada desta edição. Com curadoria da atriz e jornalista Joyce Cursino, o MANA traz uma mostra com dez clipes dirigidos e co-dirigidos por mulheres amazônicas. Os vídeos serão projetados nos centros urbanos de Belém, Rio de Janeiro, São Paulo, entre outros.

Juntas Festival
4/12, das 13h às 21h
Grátis e online
Um festival construído por e sobre mulheres: no Juntas Festival o protagonismo é delas. Com a proposta de discutir temas do universo feminino, valorizar a representatividade da mulher à frente da criação artística, além de promover um espaço de troca e visibilidade aos seus trabalhos, surge a primeira edição desse festival que reúne nomes como Tulipa Ruiz, Marina Sena, MC Tha e Kell Smith. Além dos shows, o Juntas Festival conta com três talks dedicados ao universo feminino, sempre no intervalo de cada show.

Free Beats
WE SAMPA | R. Gustav Willi Borghoff, 100
Domingo, dia 5/12, de 10h às 22h
Grátis
A Free Beats volta às ruas, dessa vez no espaço colaborativo We Sampa, na Barra Funda. Conhecida por fazer seus projetos nas ruas de São Paulo, a festa traz um line up de DJs com novidades da cena brasileira e paulistana, além da união entre artistas improvisando e pockets shows, como destaque para a rainha do dancehall Lei Di Dai ao lado da DJ Mari Matts, Lurdez da Luz se apresentando com o produtor do evento Mauro Farina e ainda o DJ Salvador Araguaya, com MC Digo, o cantor Èfiro e o multinstrumentista Bica, da banda Teto Preto, e a paraibana Luana Flores apresenta o disco “Nordeste Futurista” com participação especial de Rafa Ella do Coco De Oyá.

#online

Boogie Week
YouTube da Boogie Naipe

2 e 5 de dezembro, das 17h55 às 21h10
Grátis e online
O evento proposto pela produtora Boogie Naipe celebra a potência cultural através de encontros entre o público e mentes pretas expoentes em diferentes segmentos. Mesclando painéis de debates sobre arte, moda, ativismo, gastronomia e economia com shows e duelos de MC’s, o evento reúne nomes como Leci Brandão, Rico Dalasam, Mc Dricka, Nina Silva, Anelis Assumpção, entre outros. Distribuída ao longo de quatro dias, a programação intercala apresentações lideradas por Aretha Sadick, Magá Moura, Nataly Nery, Rap Falando e painéis com inserções artísticas, finalizando cada dia com um pocket show.

Samsung Best of Blues and Rock 2021
3 e 5 de dezembro
Grátis e online
Inteiramente online, para preservar artistas e público diante da pandemia de Covid-19, o evento traz grandes nomes da música nacional interpretando artistas internacionais. Serão dois shows com Vitor Kley, Francisco, el Hombre, Andreas Kisser, Di Ferrero e Cacá Magalhães, além da Orquestra Jazz Sinfônica, mostra fotográfica, streaming de cinco filmes com conteúdo musical e masterclasses, incluindo uma masterclass com conteúdo educacional musical, com uma aula sobre a arte e cultura por meio da música instrumental.

#música

Larissa Luz | Afrodate
“Enquanto seus dreads passeiam na minha trança nagô, nossa sintonia é fogo pique Iansã e Xangô”. Os novos versos de Larissa Luz celebram o amor afrocentrado, com leveza e calor. O single “Afrodate (Dreadlov)” abre alas para o próximo EP da artista baiana com o objetivo de apresentar sua nova fase por meio de diferentes referências estéticas. A canção, feita em parceria com o rapper Coruja BC1 e com Bruno Zambelli, é produzida por Tropkillaz. Com direção de Ygor de Oliveira, a composição ganha novos desdobramentos em um videoclipe.

Anna Suav | Eva Grão 
De Manaus para o mundo, Anna Suav lança seu primeiro EP mostrando a face norte do rap feminino. MC, poeta, cantora, compositora e produtora, a artista é uma das fundadoras do projeto “Slam Dandaras do Norte”, que movimentou a cena rap de Belém de 2017 a 2019, mostrando a potência das manas na rima. O EP chega com 6 faixas, entre elas HINO, que ganhou videoclipe gravado em Belém, com direção de Kamila Ferreira e Paulo Augusto Mendes.

Suka Figueiredo | La Continuidad
Como o próprio nome indica, este single é o próximo capítulo da história de Suka Figueiredo na Música Instrumental Brasileira. Seguindo a mesma linha estética de Caminho de Mármore, La Continuidad carrega a potência do trabalho de Suka, com sua característica marcante: a modernidade. Se num primeiro momento, a saxofonista e flautista propunha um diálogo entre a música Erudita com a presença de cânones, o Drum n’ Bass e a profunda influência da obra de Moacir Santos, no novo trabalho o caminho segue em evolução afrofuturista.

Aláfia | Quintal
Há tempos o Aláfia é um dos nomes da música brasileira que une com grande êxito em suas composições elementos importantes, à compreensão profunda do espírito e da alma do seu povo e a solenidade do groove da nova Black Music Brasileira. “Quintal” vem como uma composição para celebrar os 10 anos do Aláfia com todo o desejo de estar junto novamente.

Gah Setúbal | Álbum
O cantor, compositor e músico paulistano apresenta o EP Álbum, seu segundo trabalho solo (sucessor do disco VIA), no dia 3 de dezembro. O projeto do ex-integrante da banda Pitanga em Pé de Amora é uma obra sem um fio condutor. O EP conta com cinco faixas, dentre elas as já lançadas “Na Pressão”, uma versão atual da música original de Lenine, e “Perguntas”, uma canção para corações confusos. O disco produzido por Rafael Castro ganha formato de livreto, contendo imagens, letras e outras informações do trabalho com assinatura da designer Maria Cau Levy.

Rapha Moraes | Presença
Reflexões pessoais sobre os âmbitos material, social e emocional durante a pandemia motivou o cantor e compositor Rapha Moraes a criar as canções do seu novo álbum: “Presença”, que foi produzido em sua casa. O álbum conta com participações de Seba Prada (cantautor uruguaio); Bruna Caram (cantora e atriz); Micaela Vita (cantora argentina dos grupos Duratiera e Triângula); Fernando Anitelli (O Teatro Mágico) e Ana Caixado (cantora portuguesa de Fado). Neste primeiro momento, Rapha apresenta quatro faixas inéditas: Saudade; Cadê você? (feat. Micaela Vita); Leveza de Ser (feat. Bruna Caram) e Gigante. Essas músicas receberam os arranjos de cordas de João Egashira, que é o atual diretor da orquestra à base de cordas de Curitiba. Belíssimo e poético, está disponível a partir de 3/12. Vale ver e ouvir!

Laura Jannuzzi | Sede da Manhã
A cantora e compositora mineira lança seu novo, e segundo, álbum da carreira, pelo selo Sensorial Centro de Cultura. Laura chega com este trabalho mais denso e maduro, evidenciado por canções potentes em subjetividade e qualidade estética e poética. As vozes são sussurradas, quase que ao pé do ouvido de quem escuta, o som do piano de parede tem o ruído percussivo das teclas amplificado, que faz parecer que o ouvinte está de fato ao lado do instrumento. Isso tudo gera uma atmosfera low-fi no disco, onde os ruídos são valorizados tanto quanto os instrumentos.Acompanhando o lançamento, a artista disponibilizou o single “Sete-Luas”, com a participação especial de um dos maiores artistas da música brasileira, Ney Matogrosso.

#cinema

CINEFOOT
2 a 9 de dezembro de 2021
Grátis e online na plataforma INNSAEI.TV
O único festival de cinema de futebol do Brasil, e pioneiro na América Latina – chega à sua 12ª edição. Dos 29 títulos em competição, 11 são brasileiros e 18 internacionais representantes da Espanha, Chile, Portugal, Reino Unido, Colômbia, Turquia, França, Egito, Estados Unidos, Itália e Noruega, além de coproduções, compondo um expressivo mosaico do melhor do cinema mundial de futebol. O CINEFOOT-12 convida Oswaldo Caldeira e Afonsinho para um mergulho instigante no universo do documentário “PASSE LIVRE”, através de uma Masterclass com duração de uma partida de futebol, 90 minutos, com mediação de Celso Sabadin, jornalista e professor de Cinema.

16º Festival de Cinema Italiano
Até o dia 5 de dezembro
Grátis e online
O festival chega em sua última semana no formato online. Através do site do evento, o público pode conferir uma seleção de 16 filmes inéditos e 16 clássicos, este último da retrospectiva “As mais belas trilhas sonoras do cinema italiano”. Os longas inéditos concorrem ao Prêmio Pirelli, concedido ao filme mais visto pelo público, que será anunciado no encerramento do festival, que acontece no sábado, dia 6 de dezembro, apenas para convidados. Os 16 filmes transitam em temas e gêneros, abordando questões como relações familiares, como “Deixe-me ir”, de Stefano Mordini, protagonizado pelos astros Stefano Accorsi e Valeria Golino, até releituras de personagens clássicos, como “Todos por 1 – 1 Por Todos”, que retoma os famosos mosqueteiros de Dumas, numa versão cômica, e trazendo Pierfrancesco Favino e Margherita Buy, no elenco. Também faz parte do festival “Com todo o coração”, de Vincenzo Salemm, um dos filmes mais vistos na Itália este ano.

#podcast

Imã RádioCast
Já está no ar o primeiro episódio do Imã RádioCast, projeto idealizado pelo radialista e jornalista Fabio Malavoglia. Todas às quintas-feiras, o público entra em contato com poemas, fábulas de humor e sabedoria, entrevistas e dicas culturais, tanto no Brasil quanto para quem vai viajar para o exterior. No programa de estreia, os ouvintes desfrutam dos versos da “Canção do Riso”, do genial William Blake; de uma aventura no País dos Tolos, por meio de três relatos do astuto Mulá Nasrudin; da ironia de Arthur de Azevedo e suas Impressões de teatro; de uma cantiga do trovador Martim Codax; de dois poemas sobre piano, que emolduram a entrevista com o virtuoso brasileiro Fábio Martino; e de uma anedota rimada do poeta Paulo Henriques Brito a respeito de palavras.

Vinte Mil Léguas
Humboldt (1769-1859), um polímata e explorador: viajou pela Amazônia e pelas Américas, é nosso guia nesta experiência que nos convida a viajar e entender por onde as coisas do mundo se conectam: o que os mosquitos têm a ver com o sublime, ou como as pernas de uma rã podem traduzir para nós os raios de uma tempestade. Nesta temporada, os episódios apresentam entrevistas com especialistas como a liquenóloga Marcela Cáceres (Universidade Federal de Sergipe), a historiadora da física Ana Paula Bispo (Universidade Estadual da Paraíba), o geógrafo Jurandyr Ross (Universidade de São Paulo) e o arqueólogo Eduardo Neves (Universidade de São Paulo). O episódio 4, que vai ao ar na segunda, dia 6, é sobre o livro “A trama da vida”, de Merlin Sheldrake, que é autor convidado da Flip.

#visuais

Helena e Riokai: entre Brasil e Japão, Paris
Galeria Arte132
Até 30 de dezembro de 2021
Segunda a sexta-feira, das 14h às 19h; e sábado, das 11h às 17h
Grátis
A fascinante história do casal Helena e Riokai Ohashi é uma verdadeira saga dos deslocamentos e múltiplas identidades culturais característicos do século 20. Ambos foram atraídos pelas saídas aos bairros ermos da capital francesa com a finalidade de pintar. Essa união gerou um casamento e uma arte que absorveu todos esses elementos. A exposição reúne pinturas, desenhos e álbum de fotografias e tem curadoria de Madalena Hashimoto Cordaro e Michiko Okano.

#cênicas

Plataforma Brasil – Mostra Digital de Artes Cênicas
1° e 5 de dezembro
Grátis e online
Com programação especial de espetáculos e performances nacionais transmitidos pelo site MIT+ (mitmais.org), braço digital da Mostra Internacional de Teatro de São Paulo. Nesse período, 18 montagens de 14 artistas e grupos de vários estados brasileiros poderão ser vistos por programadores nacionais e internacionais. Destaque para espetáculos como “Altamira 2042”, de Gabriela Carneiro da Cunha, “violento.”, solo encenado por Preto Amparo, com concepção de Preto Amparo, Alexandre de Sena, Grazi Medrado e Pablo Bernardo; “Caranguejo Overdrive”, da Aquela Cia de Teatro; “Isto é um Negro?”, do grupo E Quem É Gosta?; “Vaga Carne”, de Grace Passô; De Carne e “Concreto”, da Anti Status Quo Companhia de Dança.

#gastronomia

Festival Raízes Gastronomia Saudável
3 a 5 de dezembro
Grátis e online
Gastronomia acessível com comida saborosa e vida saudável. Esses são os principais pilares do festival, que chega à sua terceira edição com chefs renomados ensinando receitas gostosas, simples, fáceis de fazer e o melhor: aproveitando 100% os alimentos, sem desperdício, principalmente em tempos tão difíceis, em que a insegurança alimentar atinge 19 milhões de pessoas no Brasil. Nesta edição, o festival contará com a presença das chefs Raquel Novais, Maristella Sodré e Rui Morschel, que vão apresentar receitas fáceis de fazer, sem desperdício de alimentos, visando a praticidade do dia a dia, uma vez que a rotina das pessoas ficou mais intensa por conta da retomada das atividades presenciais.

Panettone Bráz
Há 15 anos, uma das maiores tradições da Bráz é aguardada ansiosamente pelos clientes nessa época do ano: a chegada de seu panettone. Eleito diversas040A2070 vezes entre os melhores do mercado em diferentes publicações, a receita exclusiva tem massa de fermentação natural úmida e sabor suave. É generosamente recheada com gotas de chocolate e laranja italiana cristalizadas, na finalização, recebe uma delicada cobertura de amêndoas. O Panettone Bráz vem em lata decorada e sai por R$ 124 (1 kg) em todas as unidades da pizzaria e também na Bráz Trattoria. Quem quiser pode pedir pelo delivery da marca. Este ano, todos vão acompanhados de uma ecobag que deixa o presente ainda mais especial.

 

Publicidade

Destaque:

Edgar e MC Dricka - reprodução/Instagram
Luedji Luna por Caroline Lima


Canais Especiais Hypeness