Debate

SP imita NY e inaugura touro de ouro em frente à bolsa de valores; iniciativa vira piada

Vitor Paiva - 17/11/2021

Foi inaugurada na manhã de terça-feira, dia 16, a estátua de um touro posicionada em frente à Bolsa de Valores de São Paulo. Instalada na rua XV de Novembro, no centro da cidade, a “obra” é inspirada em estátua semelhante, conhecida como “Touro de Wall Street” e localizada originalmente em frente à Bolsa de Valores de Nova York para significar o mercado de ações estadunidense. A versão brasileira do touro foi pensada para representar o que a B3, apelido da Bolsa de Valores do Brasil, aponta como um momento crescimento de investimentos, mas rapidamente tornou-se motivo de piada e de protestos.

O touro da Bovespa, apelidado de "Vaca Louca do Anhangabaú"

O touro da Bovespa, apelidado de “Vaca Louca do Anhangabaú”

A "versão original", em Nova York

A “versão original”, em Nova York

-15 milhões de pessoas devem passar fome no Brasil em 2020

A inauguração do touro brasileiro, apelidado de “vaca louca do Anhagabaú” e de “Touro da Cracolândia”, nas redes, se dá em um momento em que o país enfrenta intensa crise política e econômica, com níveis de pobreza e fome alcançando recordes. Apesar de acumular o número de 4 milhões de contas cadastradas com cerca de R$ 490 bilhões negociados, a própria Bovespa enfrenta momento de desvalorização acumulada em 12,16% no ano. Não por acaso, em apenas um dia o touro paulistano foi alvo de protestos, com cartazes denunciando a desigualdade econômica atual, definida por uma palavra impressa em letras garrafais e colada ao lombo do animal: fome.

-Touro de Wall Street é encarado por ‘menina destemida’ em campanha pelo Dia Internacional da Mulher

A escultura foi financiada pela B3 em parceria com o economista Pablo Spyer, que é também idealizador da peça, de autoria do arquiteto e artista plástico Rafael Brancatelli – o custo do touro, no entanto, não foi divulgado. A diferença no tamanho e na própria estrutura e qualidade das estátuas é evidente e também se tornou matéria para memes e piadas, como metáfora para a própria situação econômica geral. Espantosamente, representantes da B3 afirmaram que a peça não foi inspirada no famoso touro da Bolsa de Nova York, ponto turístico conhecido na cidade e um dos mais famosos símbolos do mercado de capital.

-Bolsonaro diz que ‘parte dos brasileiros não está preparada para fazer quase nada’ ao justificar desemprego

A diferença na cor e no próprio desenho também virou motivo de deboche, sugerindo que a estátua criada por Brancatelli tem aparência de ser feita com material de pior qualidade – o touro estadunidense é de bronze, enquanto a estátua paulistana foi feita com fibra de vidro sobre estrutura metálica. Na internet, a obra foi comparada à réplica da estátua da liberdade que costuma decorar as lojas da Havan. O grande ponto, porém, de crítica e escárnio foi mesmo a inauguração de uma peça em celebração à Bolsa de Valores em momento de intensa crise econômica e crescimento da pobreza no país.

Manifestantes colam cartazes sobre a estátua

Manifestantes colam cartazes sobre a estátua

Publicidade

© fotos: Twitter/reprodução


Vitor Paiva
Escritor, jornalista e músico, Vitor Paiva é doutor em Literatura, Cultura e Contemporaneidade pela PUC-Rio. Autor dos livros Tudo Que Não é Cavalo, Boca Aberta, Só o Sol Sabe Sair de Cena e Dólar e outros amores, publica artigos, ensaios e reportagens.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.