Sustentabilidade

Ubatuba registra 1º ataque de tubarão em 30 anos; veja foto

Redação Hypeness - 22/11/2021

No último dia 3 de novembro, na praia de Lamberto, em Ubatuba, aconteceu algo que não se via há mais de 30 anos: um ataque de tubarão. A vítima, um turista francês de 59 anos que se banhava no local. No primeiro momento ele não tinha certeza de qual animal o atacara, mas não sobraram dúvidas depois que os pesquisadores do Instituto Argonauta ao analisarem as imagens do ferimento.

Turista francês foi o primeiro a ser atacado por um tubarão em praia de Ubatuba (SP) nos últimos 30 anos

Segundo o especialista em tubarões, professor Otto Bismark, da Unesp (Universidade Estadual Paulista) não há dúvida que o ferimento na perna do turista foi causado por um tubarão “Em um primeiro momento, apenas com as fotos divulgadas inicialmente, não foi possível identificar o animal causador das lesões. As imagens disponíveis levaram a acreditar que as chances de ser um tubarão eram mínimas”, disse em nota. “Depois, ao ouvir os relatos da família e obter mais fotos e informações detalhadas sobre o acidente, o professor Otto Bismarck chegou à conclusão de que as lesões, são, de fato, compatíveis com a mordida de um tubarão”, acrescentou.

 

Segundo o oceanógrafo Hugo Gallo Neto, presidente do Instituto Argonauta e diretor do Aquário de Ubatuba, várias espécies de tubarões ocorrem na região, mas não há registros de acidentes envolvendo humanos nos últimos trinta anos.

Os relatos de familiares que estavam no local indicam que o acidente aconteceu rápido. Em conversa com o UOL, a cunhada da vítima disse que a irmã e o marido francês vêm sempre ao Brasil nessa época, e que ele já conhecia Ubatuba. Contou também que a água estava turva, pois tinha chovido muito nos dias anteriores e por volta das 13h, o homem entrou no mar, nadou pouco e “em questão de 5 minutos saiu correndo do mar, nervoso. E aí ele me mostrou a perna”.

A busca por socorro

Depois do acidente, a cunhada da vítima fez uma postagem em uma página de Ubatuba nas redes sociais procurando orientação sobre o atendimento prestado pela Santa Casa da cidade e, apesar da postagem ter sido apagada, deu tempo de viralizar. “Foi uma coisa inesperada, a gente sabe que foi um acidente. Mas quando fomos na Santa Casa o atendimento foi muito precário. Não atendiam ele, houve demora e não chamaram a família para dizer o que aconteceu. Eles não estavam preparados”, disse ela.

Um novo ataque

Outro ataque ocorreu no domingo, 14 de novembro, dessa vez na Praia Grande, em Ubatuba. Uma mulher mineira de 79 anos, que foi passar o feriado do dia 15 na cidade, foi mordida enquanto se banhava. A idosa ficou com um corte de cerca de 25 centímetros de extensão na perna e também foi levada para a Santa Casa. Após o atendimento prestado, ela foi liberada no mesmo dia.

A família da vítima alegou no hospital que ela teria sido atacada por um tubarão. As imagens do ferimento foram encaminhadas ao professor Otto Bismark, que analisou as características do ferimento, bem como o relato feito pela vítima para confirmar a origem do ataque.

Publicidade


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.