Ciência

Vacina contra HPV diminui em quase 90% casos de câncer de colo de útero, aponta estudo

09 • 11 • 2021 às 10:36 Redação Hypeness
Redação Hypeness Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Um estudo publicado do periódico científico ‘The Lancet’ mostrou que a vacina contra o HPV foi capaz de prevenir 87% dos casos de câncer de colo de útero se aplicada no período certo: entre os 12 e 13 anos de idade. O imunizante é oferecido pelo Sistema Único de Saúde no Brasil e é uma importante prevenção contra os papilomavírus – que são a principal causa do câncer de colo de útero em mulheres.

– HIV: vacina é testada em quatro estados do Brasil

Vacina contra o HPV se demonstrou extremamente eficaz para combater câncer de colo de útero, pior consequência dessa infecção sexualmente transmissível

A vacina recombinante é eficaz contra os HPV tipo 6, 11, 16 e 18. O estudo mostrou diferentes eficácias para o medicamento a variar do momento em que ela é aplicada.

– Estudo mostra como sexo oral pode estar relacionado com risco de aumento de câncer

Caso o imunizante seja aplicado entre os 12 e 13 anos, ela é capaz de reduzir em 87% a chance de câncer de colo de útero. Entre os 14 e os 16 anos, a redução foi de 62%. Entre os 16 e 18 anos, a queda de casos de câncer foi de 34%. O estudo reforça a importância da imunização na faixa etária correta.

“Como esperado, a vacinação contra o HPV foi mais eficaz nas populações vacinadas com idades entre 12 e 13 anos, entre as quais a adesão foi maior e a infecção anterior menos provável”, explicou Kate Soldan, uma das autoras do estudo que trabalha na Agência de Segurança de Saúde do Reino Unido.

– Autoridades lançam campanha para que as pessoas não lavem e reutilizem camisinhas nos EUA

“Esperamos que esses novos resultados incentivem a aceitação, já que o sucesso do programa de vacinação depende não apenas da eficácia da vacina, mas também da proporção da população vacinada”, completou Soldan, em um comunicado à imprensa divulgado pelo The Lancet.

 

Publicidade

Fotos: 2020 ADB. Alguns direitos reservados. Licenciado sob Creative Commons.


Canais Especiais Hypeness