Decoração

10 plantas fáceis de cuidar (e os principais cuidados) para ter em casa

Redação Hypeness - 02/12/2021

Ter uma plantinha em casa é um caminho sem volta. Depois que você se apega e começa a amar a presença dela no ambiente, não tem mais o que fazer a não ser aceitar que você se transformou em mãe/pai de planta. E isso é lindo. Porém, ter plantinhas em casa não é uma ação única. Não basta colocar a bonitinha alí e nunca mais fazer nada. Elas precisam de cuidados e atenção.

Mas calma, ter plantas em casa não requer prática nem tão pouco habilidade. Especialmente porque algumas espécies precisam de bem pouco para crescerem fortes, saudáveis e lindas. Há aquelas que até resistem a alguns descuidos, esquecimentos ou pequenos excessos. Para te ajudar a escolher, fizemos uma lista com 15 plantas domésticas que são EXTREMAMENTE fáceis de cuidar. Dá uma olhada:

1. Espada-de-São-Jorge

Essa é bem resistente e pode ficar direto no sol ou a meia-sombra. Cresce bem em pequenos vasos ou canteiros. Vive bem também em ambientes internos. Pode ser regada uma vez na semana, mas sem excesso de água para não deixar a terra encharcada.

2. Hibisco

é uma planta característica de jardim e bem fáceis de cuidar. Dá flores lindas e de várias cores. Não são exigentes quanto ao tipo de solo e resistem à falta de água, sobrevivendo com chuvas e regas ocasionais. Pode ficar direto no sol ou meia-sombra. Sua flores duram bastante e costumam abrir no final do inverno ou começo da primavera. No jardim não necessita de poda, mas se plantando em vaso requer a retirada de galhos secos.

3. Jibóia

A Jiboia é uma planta tropical, resistente e bem fácil de cuidar. Dá muito certo em vasos na varanda ou em ambientes internos. Requer pouca manutenção: basta regar duas vezes na semana e garantir um pouco de luz natural.

4. Aglaonema

Tropical e de folhagem chamativa, a algaonema cresce na sombra e com pouca água. Evite cultivá-la em ambientes secos ou com ar-condicionado constante. Regue uma vez na semana, mantendo o solo sempre úmido. Um cuidado importante: sua folhagem é tóxica, portanto mantenha-a fora do alcance de animais e crianças.

5. Aspargos-pluma

Essa planta é uma das mais fáceis de se ter em casa. Basta colocá-las em um local sob o sol. Não precisa se preocupar com mais nada. Perfeitas para jardins ou vasos na varanda, pois não exigem podas e precisam de pouca água.

6. Cactos e suculentas

Essas são espécies extremamente resistentes e que exigem poucos cuidados. São plantas fáceis de cuidar em vasos, pois requerem pouco espaço de cultivo. Apenas exigem um ambiente com bastante luz natural. Precisam de pouca água e toleram eventuais esquecimentos.

7. Clorofito

Perfeita para vasos ou interiores, o Clorofito é uma planat de fácil cultivo. Pouco exigente com manutenção, ela é capaz de sobreviver um tempo sem água. Mas é importante regar regularmente, evitando que a terra fique seca por completo. Pode ser cultivada a meia-sombra ou sol pleno.

8. Lírio da paz

Muito comum na casa das mães, tias e avós, o Lírio da paz tem uma flor duradoura de cor branca e é muito usado na decoração de ambientes internos. É uma espécie que se adapta bem em vasos. Precisa de luz indireta e regas constantes, aproximadamente uma vez por semana. Se dá muito bem em locais quentes e úmidos.

9. Samambaia

As samambaias são bem comuns e com presença constante em diversas varandas de casas. No geral elas preferem ambientes bem iluminados e arejados, mas sem sol direto, pois pode queimar suas folhas. As regas devem ser frequentes, em torno de uma a duas vezes por semana, mantendo o substrato úmido, mas não encharcado.

10. Costela-de-adão

Com folhas muito bonitas, a costela-de-adão, pode ser plantada em vasos ou cultivada em canteiros no jardim. É uma planta que precisa de luz, mas não direta. As regas devem ser regulares, mantendo o solo sempre úmido.

11. Palmeira-ráfia

Muito utilizada no paisagismo de jardins, varandas ou ambientes internos, a palmeira-ráfia pode ser cultivada em sol pleno, meia-sombra, sombra ou luz difusa. Aprecia a umidade, mas não tolera o encharcamento, por isso, borrife água em suas folhas uma vez por semana e regue aproximadamente uma vez a cada 15 dias.

12. Antúrio

Uma planta rústica, resistente e que dá pouquíssimo trabalho. Cresce bem em ambientes internos e iluminados, mas não suporta o sol o dia todo. Pode ser cultivada em vaso ou em locais menos iluminados do jardim. Suas flores rendem belos arranjos tropicais. Mantenha a terra úmida na primavera e verão, com regas de uma a duas vezes por semana e diminua a frequência no inverno.

13. Singônio

Uma das folhagens mais flexíveis com a iluminação, tolerando tanto o sol forte, quanto muita sombra. Sua forma de cultivo também é bastante versátil, podendo ser plantado em vasos, em canteiros ou se transformar em uma trepadeira escalando muros e árvores. Cresce rapidamente e, por isso, pode ser necessária a poda para mantê-lo baixo. Aprecia a umidade e regas regulares.

14. Dinheiro-em-penca

Uma vegetação de pequeno porte, indicada para forração em jardins ou para decoração em vasos. Não é resistente ao sol forte, por isso, prefira seu cultivo em meia-sombra. Realize regas regulares para que o solo esteja sempre úmido.

15. Orquídea

Pode parecer que não, mas algumas espécies de orquídeas são plantas duráveis e de fácil cultivo. Com suas belas flores, trazem um toque de cor e delicadeza para a casa ou jardim. Com relação aos cuidados regue com frequência de 2 a 3 vezes por semana ou sempre que o substrato estiver seco. Cultive em local iluminado, sem sol direto. Sua floração depende muito de sua adaptação ao ambiente.

 

Publicidade

Reprodução: Tua Casa


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Notice: date_default_timezone_set(): Timezone ID 'UTC-3' is invalid in /var/www/html/wordpress/wp-content/themes/hypeness-new/part/home/brand-channel.php on line 29

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.