Ciência

Bebê dinossauro encontrado por cientistas prestes a sair do ovo rende imagens incríveis

22 • 12 • 2021 às 14:40
Atualizada em 22 • 12 • 2021 às 15:15
Redação Hypeness
Redação Hypeness Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Na última terça-feira (21), os cientistas da Universidade de Birmingham, na Inglaterra, anunciaram a descoberta de um dos mais desenvolvidos embriões de dinossauro do mundo. O chamado bebê de Yingliang era um embrião de ovirraptossauro em um ovo fossilizado com cerca de 66 milhões de anos de idade.

“Esse embrião de dinossauro dentro desse ovo é um dos mais belos fósseis que já vi”, disse o professor Steve Brusatte, da Universidade de Edimburgo e membro da equipe de pesquisas que estudou o bebê de Yingliang através de uma nota oficial.

O fóssil mostra que existe uma conexão direta entre os dinossauros e as aves encontradas na contemporaneidade.

Conexão entre aves e dinossauros

Mas o que faz do bebê de Yingliang um fóssil tão incrível? Uma das principais indicações dele é a forma como se acomoda no ninho. Ele fez o “dobramento”, o mesmo movimento que as aves realizam atualmente, para conseguir quebrar a casca do ovo.

– Fóssil de dinossauro gigante com fêmur de quase 2 metros é encontrado no Maranhão 

“Isso indica que tal comportamento nas aves modernas primeiro evoluiu entre os dinossauros, seus ancestrais”, disse a pesquisadora da Universidade de Birmingham Fion, Waisum Ma, à AFP.

Veja as imagens do ovo em uma animação:

“Esse pequeno dinossauro em seu estado pré-natal se assemelha muito a uma ave bebê encurvada em seu ovo, o que traz mais evidências de que muitas das características das aves de hoje evoluíram de seus ancestrais dinossauros”, completou Brusatte.

– ‘Não escolham a extinção’: dinossauro alerta sobre emergência climática em campanha da ONU 

O bebê dinossauro de 66 milhões de anos tem 27 centímetros de comprimento da cabeça até a cauda e está acomodado dentro de um ovo de 17 centímetros. O fóssil foi encontrado em Ganzhou, no sul da China, e ficará no Museu de História Nacional de Yingliang para conservação e exibição ao público.

Publicidade

Fotos: Lida Xing/Reprodução


Canais Especiais Hypeness