Arte

Christopher Walken vandalizando obras de Banksy? Entenda história

Redação Hypeness - 08/12/2021

As pinturas do anônimo artista de rua Banksy são vendidas por milhões de dólares. Mas em poucos instantes uma de suas criações mais recentes foi destruída por ninguém menos que o ator de Hollywood Christopher Walken.

A última obra de Banksy, intitulada “The Rat”, aparece no final do último episódio de “The Outlaws”, um drama da BBC escrito, dirigido e estrelado por Stephen Merchant, co-criador da série de comédia britânica “The Office”. “The Outlaws” se passa na cidade de Bristol, no sul da Inglaterra. Muitos dos primeiros murais de Banksy apareceram em Bristol, levando muitos a acreditar que o artista anônimo veio da cidade.

O elenco de “The Outlaws” no episódio final da série. Crédito: Big Talk / Four Eyes

Walken aparece no drama como um dos sete infratores da lei forçados a se unir em um programa de serviço comunitário. Na cena final do episódio – que foi ao ar no iPlayer da BBC no último dia 10 de novembro – o grupo é visto completando seu serviço, pintando alguns grafites. Mas quando o personagem de Walken, Frank, puxa um pedaço de madeira, ele descobre um rato com duas latas de tinta spray com a palavra ‘BANKSY’ escrita acima. Hesitante, ele se vira e pergunta à oficial de justiça Diane, interpretada por Jessica Gunning, o que fazer.

“Diane, olhe para este rato que encontrei”, diz ele. “Qualquer verme com menos de 10 quilos é seu, embale-o e jogue-o no lixo”, diz sua supervisora, sem se afastar do romance de Lee Child que está lendo.
“Não, é um rato de grafite”, ele responde. “O Conselho disse para pintar por cima de qualquer graffiti, então vá em frente”, diz Diane, sem paciência. “É muito bom”, acrescenta Walken, em uma tentativa de convencê-la. Mas quando Diane termina com “menos debate, mais pintura”, Walken encolhe os ombros e rola sobre a imagem, encerrando a série.

A verdade por trás da ficção

Um porta-voz de “The Outlaws” confirmou à CNN que a peça era um Banksy genuíno, destruído por Walken. O porta-voz disse em um comunicado: “Podemos confirmar que a obra de arte no final de ‘The Outlaws’ era um Banksy original, e que Christopher Walken pintou sobre a obra durante as filmagens da cena, destruindo-a em última instância.”

Christopher Walken com Stephen Merchant, que escreveu, dirigiu e estrelou “The Outlaws”. Crédito: Big Talk / Four Eyes

Esta não foi a primeira vez que uma pintura de Banksy foi destruída em um ambiente público. Em 2018, a imagem icônica de Banksy de uma garota tentando pegar um balão vermelho em forma de coração foi vendida por US $ 1,4 milhão na casa de leilões Sotheby’s em Londres. Momentos depois, um triturador escondido dentro da “moldura do artista” iniciou seu trabalho e a arte “se autodestruiu”.

A obra de arte, que recebeu o novo título “Love is in the bin” (“O amor está no lixo, em tradução livre), foi leiloada novamente na Sotheby’s no mês passado, vendendo um recorde de £ 18,5 milhões (cerca de 135 milhões de reais).

Publicidade

Fotos: Reprodução/CNN Style


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Notice: date_default_timezone_set(): Timezone ID 'UTC-3' is invalid in /var/www/html/wordpress/wp-content/themes/hypeness-new/part/home/brand-channel.php on line 29

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.