Debate

Ex-Ronaldinha: hoje missionária, Vivi Burnieri recorda prostituição aos 16 e diz que ‘não sobrou nada’ de ganhos com pornô

21 • 12 • 2021 às 15:57
Atualizada em 22 • 12 • 2021 às 10:53
Redação Hypeness
Redação Hypeness Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Vivi Brunieri, uma ex-namorada do jogador Ronaldo Fenômeno que ficou conhecida como Ronaldinha, revelou segredos de sua vida. Hoje evangélica, ela contou em entrevista Mais Que Oito Minutos que se prostituiu durante a adolescência e que se arrepende de ter feito filmes pornográficos.

Vivi conta que ganhou R$ 500 mil para fazer as obras pornográficas, mas que o dinheiro não compensou por conta do abuso de drogas que fazia na época.

Vivi Brunieri, ex-Ronaldinha, se prostituiu aos 16 anos de idade

Abuso de drogas

“Foi a melhor coisa que eu fiz na vida e a pior. O cachê foi muito bom, mas estava usando muita metanfetamina na época, que foi meu fundo do poço. Eu gravava e ia para o banheiro cheirar. Eu estava muito louca, não estava normal. Depois da minha conversão, eu me desfiz de todos os bens que comprei com os R$ 500 mil que ganhei. Isso foi em 2014. Não sobrou nada. Carro importado, joias… Não fazia sentido para mim ser um missionária e viver com o que eu tinha ganhado fazendo o filme pornô”, disse Vivi Brunieri no podcast Mais que Oito Minutos.

Leia: Como superar o vício em pornografia e proteger a saúde mental

Ela relata que apelido que a consagrou – Ronaldinha – foi fruto de relação sem sentimento.

Viviane relatou que se prostituiu no Japão quando tinha 16 anos de idade. “Comecei a trabalhar com prostituição aos 16 anos no Japão. Eu trabalhava num karaokê e mentia que tinha 19. Era lá que a gente conseguia os clientes para o programa. Eu chorava toda a vez que tinha que ter relações sexuais. Ganhei o dinheiro que precisava para pagar uma dívida da família”, desabafou.

Confira a entrevista completa:

A missionária disse que a sua relação com Ronaldo Fenômeno, que a deixou famosa, foi por interesse. “Ele me convidou para ir a um pagode e, já no dia seguinte, eu estava sendo apresentada como namorada num churrasco de família. Depois, veio o convite para ir à Holanda com Ronaldo. Via no namoro uma forma de ficar famosa. Era por interesse mesmo, não tinha sentimento”, confirmou.

Publicidade

Fotos: Reprodução/YouTube/Instagram


Canais Especiais Hypeness