Inspiração

Mulher jurava ter comprado mini-porco que se tornou animal de 250 kg: ‘Minha porquinha não está à venda’

03 • 12 • 2021 às 13:16 Vitor Paiva
Vitor Paiva   Redator Vitor Paiva é jornalista, escritor, pesquisador e músico. Nascido no Rio de Janeiro, é Doutor em Literatura, Cultura e Contemporaneidade pela PUC-Rio. Trabalhou em diversas publicações desde o início dos anos 2000, escrevendo especialmente sobre música, literatura, contracultura e história da arte.

Quando Rosângela Martins dos Santos de Lara comprou Lilica há cerca de 3 anos para ser seu pet de estimação, ela acreditava que estava levando pra casa uma porca em miniatura. uma linhagem suína geneticamente selecionada também conhecida como mini pig, que não costuma passar de 50 centímetros de altura e 90 centímetros de comprimento, com peso em média de 35 quilos. O tempo, no entanto, sempre traz a verdade, e assim foi com Rosângela, que aos poucos percebeu que de miniatura Lilica não tinha nada: hoje a porca tem cerca de 250 quilos e mede 1,60 metro, mas junto com ela cresceu também o amor de sua tutora.

A porca Lilica

Lilica dorme no quarto com Rosângela e seu marido

-Instagram mostra o dia-a-dia de um porco de estimação e vira febre na web

Segundo contou Rosângela, Lilica era a menor filhote à venda quando ela se apaixonou pela ideia de ter uma porquinha em casa, e o vendedor a enganou, jurando que ela não cresceria. Pois Lilica cresceu muito, e se alimenta hoje de uma quantidade tão grande de frutas, legumes e ração, alcançando cerca de 5 kg de comida diários, que Rosângela às vezes precisa da ajuda de terceiros pra conseguir manter sua pet alimentada. A família vive na cidade de Peruíbe, no litoral de São Paulo, e a porquinha gigante tem direito a colchão e ventilador próprios pra aliviar o calor enquanto dorme.

A porca Lilica

Lilia chegou como uma mini-porca, à esquerda, e se tornou uma porca gigante com o tempo

-Como um porquinho transformou a vida deste garoto autista

Criada não somente dentro de casa, mas dividindo o quarto com Rosângela e seu marido, Lilica é uma pet mimada mas muito bem comportada, que faz por merecer os agrados que recebe, já que Rosângela garante que ela faz suas necessidades no lugar determinado, e não precisa ser conduzida para ir e voltar corretamente do “banheiro”, em um comportamento mais adestrado que os cachorros que vivem na casa com ela. Com o tempo ela se tornou uma verdadeira atração não só da casa, mas do próprio bairro de Ribamar, onde mora, sendo adorada pela maioria dos moradores.

A porca Lilica

A mini porca gigante tem até ventilador próprio para refrescar

-Mãe tigre que ficou deprimida após perder filhotes ganha nova vida ao adotar porquinhos ‘vestidos com roupas tigresa’

Rosângela conta que alguns poucos acham loucura ela viver com uma porca de 250 quilos em casa, mas ela não não liga, feliz da vida junto de Lilica. Já aconteceu até mesmo de oferecerem uma boa grana para consumir a carne da porca, mas é claro que a proposta foi negada em repúdio. “Chegaram a me oferecer R$ 1.500 para matá-la e comer. Mas eu disse: minha porquinha não está à venda. Quem quiser comer, vai no frigorífico”, afirmou Rosângela, em reportagem do site G1. Essa não é a primeira vez que um caso assim ocorre: um casal no Canadá também decidiu criar o suposto mini porco que adotaram, mesmo quando ele também já passava dos 250 quilos.

A porca Lilica

Lilica é sensação no bairro onde mora

Publicidade

© fotos: Arquivo pessoal


Canais Especiais Hypeness