Ciência

Nasa procura voluntários dispostos a dormirem de cabeça para baixo por 1 mês

07 • 12 • 2021 às 19:00 Redação Hypeness
Redação Hypeness Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

A Agência Espacial dos EUA (NASA) anunciou em parceria com a Agência Espacial Europeia (ESA) um estudo que irá pagar 11 mil euros (cerca de R$ 70 mil) para quem estiver disposto a ficar deitado de cabeça para baixo durante dois meses inteiros. O voluntário terá que ficar deitado e realizar todas as suas tarefas – banho, alimentação e, claro, o sono – com o corpo inclinado ao contrário.

– Nasa vai lançar no espaço experimento criado por estudantes da escola pública do RJ 

Voluntário pode acabar sofrendo com graves problemas de saúde por conta da falta de exercício após dois meses deitado

De acordo com um comunicado da NASA, a ideia é entender melhor quais são os efeitos dessa posição no corpo humano. Segundo os pesquisadores, é importante saber isso para missões com astronautas.

– NASA está preparando esta menina de 17 anos para ser o primeiro humano a pisar em Marte 

Em um comunicado oficial, a NASA explica que os voluntários “devem comer, fazer exercícios e até mesmo tomar banho de cabeça baixa. Isso faz com que seus corpos se adaptem como se estivessem no espaço. Eles são monitorados continuamente para que os pesquisadores entendam como seus corpos mudam e por quê. Os resultados permitem o desenvolvimento de medidas que ajudarão os astronautas em missões espaciais, bem como as pessoas acamadas na Terra”.

– Cultivo de plantas em Marte pode ser viabilizado por 3 cepas de bactérias descobertas na Estação Espacial 

A NASA alerta que ficar deitado por dois meses não é nada fácil. “Passar muitos dias na cama pode parecer ótimo, mas a maioria dos participantes concorda que o tédio se instala rapidamente. A rotina diária – tomar banho, vestir-se, comer, fazer exercícios – leva muito tempo quando você não consegue ficar de pé (…) Os participantes são incentivados a definir uma meta, como aprender um novo idioma ou fazer uma aula online. A família e os amigos podem fazer visitas, o que pode ser uma distração bem-vinda”, explica a agência. E aí, você aceitaria?

Publicidade

Fotos: Reprodução/Agência Espacial Europeia


Canais Especiais Hypeness