Debate

Nayra, de 14 anos, é encontrada morta em Caraíva após blecaute; há suspeita de abuso

15 • 12 • 2021 às 15:24
Atualizada em 17 • 12 • 2021 às 11:22
Redação Hypeness
Redação Hypeness Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Um caso de provável abuso de menor e assassinato chocou a vila de Caraíva, na Bahia. A jovem Nayra Gatti, de 14 anos, ficou desaparecida por cerca de dois dias após sumir durante um blecaute causado pelas fortes chuvas que assolam o litoral Sul da Bahia desde a semana passada.

– Medusa foi vítima de violência sexual e a história a transformou em monstro

Nayra tinha 14 anos foi encotrada com marcas de estrangulamento

O caso 

O pai de Nayra, Sebastian Gatti, foi ao mercado junto da adolescente e sua outra filha. A jovem sumiu e ele acreditou que ela teria voltado para casa. Entretanto, quando voltou para sua residência, ela não estava lá.

– Um milhão de moedas foram impressas com o rosto de uma criança desaparecida para que não a esqueçamos

“Ela sumiu e eu pensei que ela tinha ido para casa. Quando voltamos para casa, estávamos sem luz, porque estava um temporal grande. Ela [Nayra] não estava e nós pensamos que ela estava na casa de uma família amiga. Com a chuva e a falta de luz, não poderíamos fazer buscas e decidimos esperar pela manhã, com a expectativa de que ela estava nessa casa da família amiga”, conta o pai da adolescente Nayra Gatti, Sebastian Ricardo Gatti, ao UOL.

Gatti foi à casa da família assim que a chuva deu uma pausa. Depois, foi a uma ONG onde Nayra fazia acompanhamento psicológico no local e os profissionais o ajudaram nas buscas. O corpo da adolescente foi encontrado em um mangue a 150 metros da Igreja de Caraíva.

Giselle Itié lamenta a morte de Nayra

– Madeleine McCann teria sido assassinada em Portugal, afirma promotor

De acordo com Sebastian e informações de jornais locais, a perícia mostrou que a morte de Nayra foi causada por estrangulamento. A polícia investiga a possibilidade de abuso sexual e estupro, tendo em vista que supostamente existiam indícios desses crimes no cadáver da adolescente.

Giselle Itié lamenta morte

A atriz Giselle Itié lamentou a morte de Nayra Gatti em uma homenagem feita por ela nas redes sociais. Itié não deu detalhes sobre o grau de parentesco, mas deu a entender que conhecia também a irmã de Nayra. 

“Nayra, arrancaram muito de mim. Me sinto culpada, muito e quem conhecia Nayra e não se sente culpada, então nada sabe da vida”, encerrou a atriz.

Publicidade

Fotos: foto 1: Reprodução/Arquivo Pessoal/foto 2: Reprodução/Instagram


Canais Especiais Hypeness