Debate

‘Pontinho do marido pra vagina ficar mais apertada’: médico acusado de violência obstétrica por Shantal é alvo de novas denúncias

14 • 12 • 2021 às 12:51
Atualizada em 21 • 12 • 2021 às 10:29
Redação Hypeness
Redação Hypeness Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Após áudios vazados da influenciadora Shantal denunciarem práticas de violência obstétrica do Dr. Renato Kalil, novas acusações contra o médico apareceram na imprensa e nas redes sociais.

De acordo com as denunciantes, Kalil realiza a prática conhecido como “ponto do marido”, além de tecer comentários extremamente violentos sobre suas pacientes durante os atendimentos.

Influenciadora relatou xingamentos e quebra de sigilo médico em áudio vazado

No áudio vazado, Shantal disse que o médico a agrediu verbalmente durante o parto. “Quando a gente assistia ao vídeo do parto, ele me xinga o trabalho de parto inteiro. Ele fala ‘Porra, faz força. Filha da mãe, ela não faz força direito. Viadinha. Que ódio. Não se mexe, porra’… depois que revi tudo, foi horrível”, desabafou a influenciadora.

Entenda o caso: Influencer Shantal faz relato chocante de violência obstétrica: ‘P***, faz força’; médico nega

Novas denúncias

Em entrevista ao Jornal O Globo, a jornalista britânica Samantha Pearson, correspondente do Wall Street Journal no Brasil, revelou que também foi vítima de ataques de Kalil.

Samantha relatou que o médico fez comentários sobre seu peso e até insinuou que seu marido iria lhe trair caso ela não emagrecesse. Além disso, fez outros comentários extremamente enojantes.

– Uma em cada quatro mulheres é vítima de violência obstétrica no Brasil

A correspondente do Wall Street Journal relatou que Renato Kalil fez “pontinho do marido” e outros comentários extremamente machistas durante atendimento médico

“Ele falava da minha vagina como se eu não estivesse ali. Passei semanas chorando sozinha em casa, sem saber se ele tinha dado mais pontos do que o necessário, com medo de transar, de sentir dor. Fui a outros médicos para saber se isso podia ser checado, mas não podia. Foi horrível”, disse a jornalista.

“Hoje percebo que eu não era a gringa maluca, eu estava certa, nada daquilo era normal. Ele disse aquilo na frente de sua equipe, eu estava quase nua, totalmente exposta. Meu marido estava lá e sempre percebi que o que ele queria o tempo todo era agradar meu marido, como se eu, a paciente, não estivesse lá”, relatou.

Com a denúncia de Samantha, a contista, romancista, podcaster, cronista e roteirista Tati Bernardi também fez uma publicação denunciando o comportamento de Renato Kalil.

“Triste por elas, mas feliz por finalmente isso ter vindo à tona. Fui em uma única consulta com esse médico e nunca mais voltei. Ignorou o que eu falava e só falava dele mesmo. Expôs a própria mulher e outras pacientes em histórias que contou. Não quis me examinar porque a equipe dele fazia isso pra ele que era chique demais pra pré natal (ainda bem que nunca colocou a mão em mim). Ouvi de amigas que ele sempre dava “o pontinho do marido” depois do parto pra vagina ficar mais apertadinha e nunca mais pisei lá”, contou Bernardi no Instagram.

Renato Kalil é um dos médicos dos famosos

Renato Kalil não respondeu as novas denúncias, mas disse, após as denúncias de Shantal, que nunca havia sofrido nenhuma reclamação por seu comportamento.

“A íntegra do vídeo mostra que não há nenhuma irregularidade ou postura inapropriada durante o procedimento. Ataques à sua reputação serão objeto de providências jurídicas, com a análise do vídeo na íntegra. O Dr. Renato Kalil é médico obstreta ginecologista há 36 anos, sendo um dos médicos mais reconhecidos do Brasil. Ao longo de sua carreira, já efetuou mais de 10 mil partos, sem nenhuma reclamação ou incidente”, disse em nota.

Publicidade

Fotos: Foto 1: Reprodução/Instagram Foto 2: Reprodução/Tv Cultura Foto 3 e Destaques: Reprodução/TV Gazeta


Canais Especiais Hypeness