Viagem

Rota de Enxaimel, em Santa Catarina, está entre as melhores vilas turísticas em lista da ONU

10 • 12 • 2021 às 15:12
Atualizada em 14 • 12 • 2021 às 10:39
Vitor Paiva
Vitor Paiva   Redator Vitor Paiva é jornalista, escritor, pesquisador e músico. Nascido no Rio de Janeiro, é Doutor em Literatura, Cultura e Contemporaneidade pela PUC-Rio. Trabalhou em diversas publicações desde o início dos anos 2000, escrevendo especialmente sobre música, literatura, contracultura e história da arte.

A população da pequena Rota do Enxaimel, sempre soube que a vila turística em Pomerode, no estado de Santa Catarina, era um dos melhores destinos turísticos do mundo, mas agora quem concorda são as Nações Unidas. Uma seleção realizada pela ONU anunciou 41 locais que receberam o selo internacional Best Tourism Villages, reconhecendo algumas regiões em zonas rurais como as melhores vilas a serem visitadas no mundo – e, sem deixar de lado a beleza ou a hospitalidade, exemplares na região, o critério através do qual a lista foi estabelecida se alinhou ao critério mais importante da atualidade: os 17 Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS) das Nações Unidas.

Rota do Enxaimel

Natureza e tradição se unem na Rota do Enxaimel

-5 motivos pelos quais Paraty merece o título de Patrimônio Mundial da Unesco

Assim, o reconhecimento da Rota do Enxaimel se baseia na geração de oportunidades de maneira sustentável em cada destino, capaz não só de receber da melhor forma possível os visitantes em locais aprazíveis e belos, mas também de preservar a natureza e as tradições das regiões. A promoção de igualdade de gênero, a produção sustentável de alimentos e o desenvolvimento econômico oferecendo oportunidades profissionais decentes foram também aspectos determinantes para o reconhecimento dos destinos selecionados pela ONU. Os 41 selecionados se destacaram em uma lista de 170 destinos em 75 países que primeiro se inscreveram para receber o selo especial.

Rota do Enxaimel

A região é rodeada por áreas de preservação de Mata Atlântica

Rota do Enxaimel

As casas são construídas através da técnica que batiza a rota

-Baleia Jubarte encanta com salto pertinho de barco em SC; veja vídeo

A Rota de Enxaimel é a maior concentração de casas fora da Alemanha construídas através da técnica Enxaimel, com 50 casas ao longo de 16 km, formando percurso tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN) – a técnica consiste em uma construção em que as madeiras são somente encaixadas, sem uso de pregos ou parafusos. A técnica foi trazida ao Brasil no século XIX, pela qual as paredes são montadas em vigas de madeira encaixadas e com tijolos de argila. A arquitetura do bairro se integra às áreas de conservação de Mata Atlântica que caracterizam a natureza abundante da região, com diversas cachoeiras e ribeirões.

Rota do Enxaimel

Nas casas de enxaimel, a madeira é somente encaixada, sem usar pregos ou parafusos

Rota do Enxaimel

São 50 construções no estilo alemão ao longo de 16 km

-Natureza transforma vila em um gigantesco espaço verde e o resultado é maravilhoso

Além da exuberância natural e arquitetônica, a Rota de Enxaimel destacou-se pelas diversas lideranças femininas nos negócios da região, como exemplo que une harmoniosamente atividades econômicas sem deixar de preservar recursos naturais e características profundas e genuínas da comunidade. “O turismo na rota é uma possibilidade de sustentação econômica para preservação das tradições e do patrimônio. Os moradores estão se interessando pelo assunto, observando as oportunidades que o ambiente rural pode proporcionar além do que eles já estão habituados”, afirmou Ivan Blumenschein, vice-presidente da Associação Rota do Enxaimel.

Rota do Enxaimel

A região possui a maior concentração de casas de enxaimel fora da Alemanha

Rota do Enxaimel

A técnica de construção chegou ao Brasil no século XIX

Publicidade

© fotos: Rota do Enxaimel/Divulgação


Canais Especiais Hypeness