Debate

Shantal diz que Renato Kalil insistiu em uso de remédio abortivo para acelerar parto

Redação Hypeness - 22/12/2021 | Atualizada em - 11/01/2022

Após ser denunciado por crimes sexuais e violência obstétrica, novas acusações surgem contra o ginecologista e obstetra Renato Kalil. Agora, de acordo com a modelo e influencer digital Shantal, que foi vítima de agressões verbais durante seu parto, o médico a forçou a ingerir Misoprostol, um medicamento abortivo para induzir o parto da influenciadora.

Foram os áudios vazados de Shantal relatando as agressões verbais do médico contra ela durante o parto que deram início às sequenciais denúncias contra o médico, que posteriormente foi acusado de outras situações de violência obstétrica e crimes sexuais.

Shantal afirma ter sido vítima de diversas práticas irregulares durante seu parto com Roberto Kalil

Medicamento abortivo para o parto 

De acordo com informações da coluna de Mônica Bergamo, que teve acesso a um depoimento da influenciadora ao Ministério Público, o médico a forçou a tomar o medicamento Misoprosol para induzir o parto. A substância é utilizada como abortivo e seu uso não é permitido para mulheres que já tenham feito cesárea, como é o caso de Shantal, que realizou o procedimento para dar a luz ao seu filho mais novo, Filippo. Após pesquisar, Shantal se recusou a tomar o medicamento, mesmo após muita insistência do médico.

Leia as denúncias aqui: Médico Renato Kalil, alvo de denúncias de violência obstétrica contra Shantal, é acusado de abuso sexual; ele nega

Shantal também afirma que o médico fez a “manobra de Kristeller”, prática em que o médico aperta e empurra a barriga da gestante para forçar o parto. O método é rejeitado pela Organização Mundial de Saúde (OMS) e pelo Ministério da Saúde.

A influencer realizou corpo de delito no Instituto Médico Legal (IML) para averiguação de lesão corporal na vagina de Shantal. O laudo será usado pelo Ministério Público, que reúne denuncias e depoimentos contra o médico para o processo contra o ginecologista.

O Conselho Regional de Medicina do Estado de São Paulo (Cremesp) estuda as denúncias contra Renato Kalil.

Médico das celebridades recebeu denúncias de violência de sete mulheres

Através de nota, a defesa de Kalil afirma que as ações do médico sempre são “pautadas pelas boas práticas” e seguem os protocolos técnicos. “Dr. Kalil aguarda com tranquilidade o avanço das investigações, quando poderá ser ouvido e comprovar a lisura dos procedimentos adotados”, informou Celso Vilardi, advogado do obstetra.

Publicidade

Fotos: Foto 1: Reprodução/Instagram Foto 2: Reprodução/TV Gazeta


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Notice: date_default_timezone_set(): Timezone ID 'UTC-3' is invalid in /var/www/html/wordpress/wp-content/themes/hypeness-new/part/home/brand-channel.php on line 29

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.